-->O Que fazer em caso de Asfixia - Educar Saúde

O Que fazer em caso de Asfixia

Publicado em 14/10/2010. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

Um amendoim bloqueado na garganta, um bocado de comida atravessado ou um objecto qualquer preso causa engasgamento. Tudo o que possa impedir o ar de chegar às vias respiratórias pode causar asfixia. Se a pessoa não conseguir tossir ou falar, entrar em pânico e sufocar, é necessário agir depressa.

O que fazer em caso de asfixia?

• Se se tratar de um bebé de menos de um ano, segure-o de costas contra si, com a sua mão por debaixo do peito e a cabeça virada para baixo. Dê-lhe quatro palmadinhas secas entre as omoplatas. Se não for suficiente, ponha a criança de costas, com a cabeça ligeiramente para trás para abrir a traqueia. Carregue na parte superior da barriga com um movimento rápido para a frente, com os dedos de uma mão pousados em cima do umbigo.

• Se a criança tiver mais de um ano, deite-a de barriga para baixo entre os seus joelhos, segurando-lhe o peito com uma mão, dando uma palmada firme nas costas com a palma da outra mão. Pode repetir duas ou três vezes.

• Se se tratar de um adulto, coloque-se por trás da pessoa, e, esteja ela sentada ou de pé, coloque os seus braços sob às axilas. Com um dos punhos e a outra mão colocada à altura do estômago, faça força para cima e contra si para fazer subir o corpo estranho.

O que não se deve fazer em situações de asfixia
Meter os dedos dentro da boca para tentar retirar o objecto. Ao fazê-lo, corre o risco empurrar o objecto ainda mais para baixo.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.