O Que fazer em caso de Asfixia

Revisado por Equipe Editorial a 22 outubro 2018 - Publicado a 14 de outubro de 2010

Um amendoim bloqueado na garganta, um bocado de comida atravessado ou um objecto qualquer preso causa engasgamento. Tudo o que possa impedir o ar de chegar às vias respiratórias pode causar asfixia. Se a pessoa não conseguir tossir ou falar, entrar em pânico e sufocar, é necessário agir depressa.

O que fazer em caso de asfixia?

• Se se tratar de um bebé de menos de um ano, segure-o de costas contra si, com a sua mão por debaixo do peito e a cabeça virada para baixo. Dê-lhe quatro palmadinhas secas entre as omoplatas. Se não for suficiente, ponha a criança de costas, com a cabeça ligeiramente para trás para abrir a traqueia. Carregue na parte superior da barriga com um movimento rápido para a frente, com os dedos de uma mão pousados em cima do umbigo.

• Se a criança tiver mais de um ano, deite-a de barriga para baixo entre os seus joelhos, segurando-lhe o peito com uma mão, dando uma palmada firme nas costas com a palma da outra mão. Pode repetir duas ou três vezes.

• Se se tratar de um adulto, coloque-se por trás da pessoa, e, esteja ela sentada ou de pé, coloque os seus braços sob às axilas. Com um dos punhos e a outra mão colocada à altura do estômago, faça força para cima e contra si para fazer subir o corpo estranho.

O que não se deve fazer em situações de asfixia
Meter os dedos dentro da boca para tentar retirar o objecto. Ao fazê-lo, corre o risco empurrar o objecto ainda mais para baixo.