O Que fazer em caso de Desmaio

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

A gravidade das perdas de consciência depende da sua duração, evolução e profundidade. Para poder avaliar a gravidade procura-se saber se a vítima consegue responder a perguntas simples: “O que aconteceu? Como se chama? Onde é que lhe dói?”. Peça-lhe para realizar acções simples, como apertar a mão. Finalmente, assegure-se que a vítima reage à dor (belisque-a).

O que fazer em caso de desmaio?

• Se alguém perder os sentidos à sua frente, ampare a sua queda para que a vítima não se magoe.

• Deite-a de costas e desaperte-lhe tudo o que possa impedir a circulação ou respiração: gravata, colarinho, cinto.

• Se o mal-estar se mantiver, incline suavemente para traz a cabeça da vítima, coloque-lhe uma mão sobre a testa, o indicador e o polegar da outra mão mantendo o queixo para cima e depois chame os primeiros-socorros.

• Certifique-se que a vítima respira verificando o movimento do peito, ou aproximando a sua face da sua boca.

• Se a vítima se encontra inconsciente mas respira normalmente e não apresenta nenhuma lesão grave (não há suspeita de fractura vertebral), coloque-a na posição lateral de segurança. Para isso coloque o seu braço no lado para onde quer virar a vítima, fazendo este ângulo recto com o tronco daquela: use braço direito, se pretende virar a vítima para a direita, segurando

• ombro e a anca do lado oposto, rode lentamente todo o corpo para si. Dobre a perna direita da vítima pelo joelho para proporcionar estabilidade ao seu corpo. A cabeça deverá ficar ligeiramente inclinada para traz, a boca virada para baixo.

• Se a vítima não respirar faça respiração boca a boca.

• Se a vítima não tiver pulsação efectue uma massagem cardíaca.

O que não se deve fazer em casos de desmaio
Deixar uma pessoa inconsciente deitada de barriga para cima. A língua, pode enrolar-se para o fundo da garganta, ou a inalação do próprio vómito podem provocar uma obstrução das vias respiratórias.