Óleo de Argan – O que é, Benefícios, Propriedades, Indicações, Como Usar

Nos dias de hoje há cada vez mais a necessidade de procurar as mais estranhas, mas eficazes, soluções para questões de beleza. Sendo assim, o óleo de Argan está a conquistar o mundo, pela sua fantástica capacidade de melhorar o aspecto dos seus cabelos.

óleo de argan

No entanto, tal como acontece com qualquer outro produto de beleza, é importante conhecer a sua origem, saber as suas características e até os resultados esperados aquando a sua aplicação, ficando assim nas mãos de cada um decidir de devem ou não utilizar o produto para o efeito desejado.

A verdade é que muitas pessoas pensam que o óleo de argan serve apenas para tratar dos cabelos, ou seja, para uso externo, contudo este poderá ser ingerido, tendo em consideração que existem muitos benefícios. Porém, como em tudo, são necessários cuidados específicos para que não haja efeitos secundários ou mesmo conflitos com problemas de saúde que possam existir.

Antes de avançar para qualquer tipo de tratamento é imprescindível que se aconselhe com especialistas na matéria, mesmo que se tenha tornado cada vez mais popular a aplicação do óleo directamente nos salões de beleza, é importante que confie na pessoa que o faz, para evitar problemas futuros, já que a saúde está em primeiro lugar.

O que é ?

O Óleo de Argan, apesar de muito popular nos dias de hoje são poucas as pessoas que conhecem a sua origem, fazendo apenas uso do mesmo para os seus benefícios. Este é um produto natural, tendo como origem um fruto de uma árvore, muito comum na região sul de Marrocos.

Mesmo que apenas nos últimos anos tenha surgido na Europa e no nosso país, em África é um produto muito popular, sendo usado ao longo dos anos pelas mulheres que conseguem assim tratar os seus cabelos, unhas e pele.

Este produto natural é rico em vitaminas, nomeadamente vitamina A, vitamina D e vitamina E, é igualmente um fantástico antioxidante e contém altos níveis de ácidos graxos essenciais, assim como ómega 6 e fitosteróis.

Proveniente de uma árvore da região, foi descoberto devido à fantástica lã que é produzida na região, já que os pesquisadores iniciaram a análise da rotina das ovelhas em geral, notando uma alteração diferencial na lã marroquina, percebendo assim que a ingestão do fruto causaria um brilho intenso na mesma.

Benefícios do Óleo de Argan

Em Marrocos, o óleo de Argan é utilizando tanto na culinária como nos cosméticos, dado os seus fantásticos benefícios para a saúde do organismo em geral.

Entre as principais propriedades e indicações, destacam-se as seguintes:

– anti-séptico;
– estimula a oxigenação na pele, relativamente à sua elasticidade;
– tem como principal função proteger a pele das possíveis agressões externas que possam existir;
– tem também a função de restaurar e endurecer as unhas e o cabelo;
– apesar de não ser a sua utilização principal, é também usado como anti-envelhecimento, com o efeito regenerador da pele;
– poderá ainda ser usado como tratamento para algumas doenças de pele, nomeadamente psoríase e neurodermite;
– tem um efeito positivo no tratamento de queimaduras provenientes do sol;
– por último, mas extremamente importante, ajuda a suavizar, hidratar e acrescenta brilho à pele;
– segundo alguns estudos, a ingestão do óleo, poderá garantir a redução significativa dos níveis de colesterol, prevenindo assim as doenças cardiovasculares;

Geralmente o óleo de Argan é usado em forma de cosmético, quando tratado para essa forma, porém poderá também ser ingerido e nesses casos os benefícios são diferentes:

– estimulando a capacidade cerebral;
– reduzindo a hipertensão;
– apresenta-se como um excelente antioxidante e anticancerígeno;
– ajuda ainda no momento da digestão, já que ajuda a aumentar a concentração de pepsina no interior do sistema digestivo;
– reduz ainda as dores articulares e possíveis reumatismos, assim como a taxa de colesterol mau;

Em Marrocos, o óleo de Argan faz parte da rotina das mulheres, usado em diversos tratamentos, nomeadamente de pele e unhas, prevenindo e tratando as estrias, o aparecimento de acne e até em queimaduras de pele.

Já no resto do mundo, o seu sucesso tem sido feito à base da sua presença em cosméticos e produtos de cabelos, principalmente depois de muitas celebridades de todo o mundo terem vindo a público referir os efeitos e resultados obtidos após o seu uso.

Como usar o Óleo de Argan

Na nossa sociedade, tendo em consideração as indicações e as propriedades deste óleo, este é usado em forma de cosméticos, geralmente adquiridos em farmácias, dada a complexidade do produto. Nestes casos, quanto maior é a concentração de óleo no produto, mais caro este será.

A maioria dos produtos são cremes de pentear, máscaras de hidratação capilar, hidratante corporal, champoo ou mesmo condicionador, sendo por isso produtos bastante comuns no dia-a-dia da mulher.

No que diz respeito ao uso, basta colocar 3 a 5 gostas do óleo, quando este se encontra no seu estado virgem, num recipiente e misturar com o outro produto que permitirá aplicar da melhor forma possível, no entanto não é indicado aplicar o mesmo directamente no couro cabeludo, pois podem surgir pequenos efeitos secundários que impedem o resto do tratamento.