-->Óleo de Argan para Cabelos - Educar Saúde

Óleo de Argan para Cabelos

Publicado em 13/11/2014. Revisado por Equipe Editorial a 15 janeiro 2018

Renomado pelos belos efeitos produzidos sobre os cabelos, o óleo de argan foi desenvolvido para ser usado, principalmente, em cabelos secos, deteriorados, ou que tenham recebido algum tipo de tratamento químico.

Oleos de argan

Constituído por elementos que proporcionam hidratação profunda aos fios, o óleo de argan é famoso por causar uma verdadeira transformação nos cabelos, tornando-os macios e sedosos, além de intensificar o brilho e livrá-los do frizz.

Características gerais do óleo de argan

Extraído de uma árvore típica do Marrocos, a Argania Spinoza, o óleo de argan também é altamente concentrado em vitaminas (A, D, e E), ácidos graxos, e substâncias antioxidantes. Todos esses elementos colaboram para a reestruturação dos fios, propiciando uma hidratação que perdura por longos períodos.

Embora o óleo seja uma recente novidade no segmento cosmético, chamando a atenção de diversos profissionais do setor nos últimos anos, ele já é usado pelo marroquino há séculos.

Onde encontrar óleo de argan

O óleo de argan é um daqueles compostos que possuem uso bem extensivo, fato que o coloca como componente da fórmula de diversos produtos capilares, como condicionadores, xampus, séruns, e cremes para pentear, todos disponibilizados por uma grande variedade de fabricantes, como Redke, Alfapart, Moroccanoil, Schwarzkopf, Tracta, Novex, Revlon, e Inoar.

Juntos, esses produtos propiciam um tratamento completo para os cabelos mais alvoroçados. Porém, independentemente da popularidade da marca, cabe enfatizar que outros fabricantes também podem comercializar produtos que contenham óleo de argan, desde que tenham passado pela análise da Anvisa.

Como utilizar o óleo de argan

Na hora de consumir o óleo de argan, recomenda-se acrescentar 1 tampa do produto sobre a máscara de hidratação, ou condicionador. A quantidade é apenas uma sugestão. Depois da mistura, basta seguir a mesma orientação de uso informada pelo fabricante de cada produto.

Vale lembrar que quaisquer que sejam os produtos, todos devem ser utilizados de acordo com a necessidade de cada tipo de cabelo. Como a diversificação de marcas, preços, e fabricantes é considerável, é preferível consultar um cabeleireiro antes de aplicar qualquer um por conta própria. Afinal, cada tipo de fio merece um tratamento específico.

Cuidados antes do uso

Interessante notar que a substância é considerada rara. Logo, os usuários precisam se informar sobre a procedência do produto. O intuito da dessa precaução é evitar adquirir argan que tenha sido misturado a outros tipos de óleo, o que diminui, ou elimina por completo, suas propriedades benéficas.

O uso indiscriminado de substâncias desconhecidas também pode simplesmente não proporcionar o efeito esperado ou, pior, causar danos irreversíveis ao couro cabeludo.

Cuidados após o uso

Após o contato dos fios com o produto, o ideal é evitar ambientes úmidos, e não expô-los a incidências solares muito intensas. O hábito de utilizar sprays sobre os cabelos também deve ser descartado, uma vez que o argan já confere um aspecto sedoso.

Em muitos casos, as pessoas optam por aplicar o óleo de argan diretamente sobre os cabelos. Se for o caso, jamais deve-se submeter esses fios a determinados aparelhos, como secador e chapinha, já que ambos provocarão danos.

Efeitos imediatos

Após a aplicação de óleo de argan sobre os fios, os cabelos ficam instantaneamente sedosos. Logo, os fios se tornam mais fáceis para pentear, apresentando uma incrível maciez e brilho.

Nos cabelos secos, os cremes que contam com o reforço do óleo também se tornam mais reluzentes.

Contraindicações

Pessoas que possuam cabelos muito oleosos devem evitar produtos com o óleo de argan, já que ele acaba promovendo a oleosidade. Nestes casos, ao invés de ajudar, ele prejudica a manutenção dos fios, desenvolvendo a caspa e, ocasionalmente, provocando a queda repentina dos cabelos. No entanto, dependendo do nível de oleosidade, é possível usar o óleo mesclado a outros produtos, como xampus e condicionadores.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.