Óleos Essenciais Para a Disfunção Erétil

Revisado por Equipe Editorial a 22 outubro 2018

Se procura um método natural de tratamento para a disfunção erétil, aconselha-se que experimente a utilização de óleos essenciais, que muito úteis se poderão revelar na resolução deste problema sem o risco de efeitos colaterais nocivos.

Estes óleos funcionam como um excelente relaxante natural e apresentam a capacidade de potenciar favoravelmente o desempenho sexual.

Óleos Essenciais Para A Disfunção Erétil

Como utilizar os óleos essenciais

Existem diversas formas de usufruir dos benefícios dos óleos essenciais:

– Aplique compressas de água quente ou fria à parte inferior das costas e região abdominal

– Misture algumas gotas de óleo essencial com óleo vegetal e utilize o preparado para massajar as regiões lombar e abdominal

– Utilize um spray no quarto

– Adicione algumas gotas de óleo essencial puro (sem óleo vegetal misturado) às suas fronhas e lençóis

– Utilize um difusor no seu quarto

– Adicione algumas gotas de óleo essencial diluido em óleo vegetal a um banho quente

Nunca ingira óleos essenciais e dilua-os em óleos vegetais, como é o caso do azeite de oliva e o óleo de coco.

8 óleos essenciais para o tratamento da impotência sexual

Os seguintes óleos essenciais podem ajudá-lo a combater os sintomas da disfunção erétil:

Sândalo

óleo De Sândalo

Óleo essencial de sândalo é conhecido por atuar como um afrodisíaco natural que ajuda a aumentar a libido. Ele pode ajudar a equilibrar os níveis de testosterona e reduzir a inflamação que pode afetar a capacidade do homem conseguir uma ereção. Tradicionalmente, o óleo de sândalo também era usado para controlar a depressão e promover o relaxamento. ( 29 )

Para usar óleo de sândalo, combine 2-3 gotas com partes iguais de óleo de coco (ou qualquer óleo transportador) e esfregue-o em seu abdômen, nuca e parte inferior de seus pés.

Ylang ylang 

O óleo essencial de ylang ylang ou ilangue-ilangue (extraído da planta Cananga odorata), possui propriedades eufóricas que ajudam a proporcionar uma sensação de bem-estar e a melhorar a auto-estima.

Devido a estas propriedades, este óleo é comummente utilizado no tratamento de problemas associados à frigidez, depressão e ansiedade.

Rosa

Rosa Rosa Damascena

Em estudos efetuados em animais, o óleo de rosa (Rosa damascena) demonstrou a capacidade de aliviar os sintomas da depressão e ajudar a relaxar.

Este óleo atua como um afrodisíaco natural e contribui também para o aumento da autoconfiança, o que em muito pode ajudar na vida íntima. Para além de aumentar a libido, este óleo também potencia a produção de esperma e testosterona.

Num estudo realizado em 2012, verificou-se que ratos que inalaram óleo de rosa apresentaram um nível superior de protecção contra os efeitos nocivos da inalação de formaldeído, que apresenta a capacidade de inibir a produção de esperma e testosterona.

Lavanda

O óleo essencial de lavanda representa o óleo ao qual as pessoas costumam recorrer primariamente para o tratamento de diversos tipos de problemas de saúde.

De acordo com um estudo realizado em 2014, a combinação do aroma de lavanda com o aroma de tarte de abóbora apresenta a capacidade de potenciar um bom fluxo de sanguíneo peniano, ajudando assim a corrigir problemas de disfunção eréctil.

Apesar dos resultados animadores, este estudo contou com a participação de 31 voluntários, o que constitui uma amostra insuficiente para que resultado conclusivos possam ser retirados.

Todos os aromas testados conseguiram aumentar a excitação sexual nos homens.

O óleo de lavanda apresentou também a capacidade de reduzir os efeitos nocivos do formaldeído em ratos.

Em ratos que inalaram óleo de lavanda, os danos ao esperma e sistema reprodutivo resultantes do contacto com formaldeído não se revelaram tão expressivos.

Adicionalmente, a lavanda destaca-se pelas suas propriedades relaxantes e anti.ansiedade.

Alecrim e lavanda

Alecrim

Um estudo realizado em 2015 demonstrou que os óleos essenciais de alecrim e lavanda reduziram os efeitos oxidantes e danos ao sistema reprodutivo em ratos diabéticos.

Estes óleos também demonstraram exercer um efeito positivo na qualidade do esperma e nos níveis de testosterona dos ratos, o que se deve às propriedades antioxidantes presentes nestes óleos.

Canela

Oleo De Folha De Canela

Em alguns testes realizados em animais, concluiu-se que a canela consegue melhorar consideravelmente a qualidade do desempenho sexual.

Diversos estudos confirmaram um aumento do peso dos testículos das vesículas seminais em animais expostos ao extrato de canela.

Pensa-se que isto resulte do efeito estimulante que este óleo exerce nos níveis hormonais. Para além disso, a canela também se revelou capaz de fomentar o aumento da contagem de esperma e dos níveis de testosterona.

A mobilidade e viabilidade do esperma também apresentou um incremento significativo após a exposição ao óleo de canela.

Existe ainda outro estudo que defende que o consumo regular do óleo de casca de canela é eficaz na protecção do sistema reprodutor masculino, bem como no aumento da qualidade do esperma.

Manjericão

óleo Essencial De Manjericão

Há muito que o manjericão é utilizado como um remédio natural para o tratamento de uma enorme diversidade de doenças.

Na sequência de estudos efetuados em ratos, verificou-se que o extracto de manjericão consegue aumentar consideravelmente a contagem, mobilidade e viabilidade do esperma, bem como reduzir o estresse oxidativo.

Outro estudo realizado em 2013 descobriu que o extracto de manjericão pode ajudar a proteger contra toxicidade testicular causada por metais pesados tóxicos.

Gengibre

Óleo Essencial De Gengibre

O extracto de gengibre destaca-se como um poderoso antioxidante capaz de exercer um forte impacto na actividade hormonal de ratos testados em laboratório, conseguindo protegê-los contra o estresse oxidativo e aumentar a sua contagem de esperma.

Conheça Os Melhores Óleos Essenciais para Neuropatia em Pessoas com Diabetes

Noz-moscada e cravo-da-Índia

Em 2003 um estudo confirmou o efeito benéfico do cravo-da-índia (Syzygium aromaticum) e da noz-moscada nos níveis de actividade sexual dos ratos testados, aumentando consideravelmente nestes animais a qualidade do seu desempenho no acasalamento.

Uma vez que se caracterizam como estimulantes naturais, o cravo-da-índia e a noz-moscada exercem um efeito bastante positivo no desempenho sexual.

A noz-moscada auxilia na manutenção de uma boa circulação sanguínea, o que em muito poderá ajudar a tratar e prevenir problemas de disfunção erétil.

Conclusão

A manutenção de um estilo de vida saudável poderá ajudá-lo a melhorar consideravelmente a qualidade do seu desempenho sexual e a prevenir problemas como a impotência sexual.

Adopte um estilo de vida caracterizado por uma boa rotina alimentar e pela prática regular de exercício físico.

Consulte também o seu médico de modo a receber o acompanhamento adequado durante o processo de tratamento de problemas de caráter sexual.

Descubra o Melhores Óleos Essenciais Analgésicos