Os Primeiros Dentinhos do Bebê

Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018

Um dos momentos que marca o primeiro ano de um bebê é o aparecimento dos primeiros dentinhos.

Estes surgem normalmente a partir dos 6 meses.

Os primeiros dentinhos são os dentes da frente do maxilar de baixo, e quando começam a aparecer, são acompanhados por alguns sintomas.

Neste artigo poderá saber mais sobre o nascimento dos primeiros dentinhos, os sintomas associados, e ainda, o que deve fazer e como cuidar.

O nascimento dos primeiros dentinhos do bebê

Os primeiros dentinhos, como referimos em cima, começam a aparecer entre os 6 e 8 meses de idade.

Depois de surgirem os primeiros, normalmente os restantes dentes da dentição de leite surgirão todos até a criança fazer os 3 anos.

Quando estiver completa, a dentição de leite será composta por 10 dentes em cima e 10 dentes em baixo.

É importante referir no entanto que cada criança é única, e como tal, há casos onde os primeiros dentinhos do bebê aparecem antes dos 6 meses, e casos onde a dentição de leite é completada depois dos 3 anos.

Visite regularmente o pediatra ou o dentista com o seu bebê para verificar se o seu desenvolvimento está a ser normal.

Sintomas dos primeiros dentinhos do bebê

Os primeiros dentinhos do bebê trazem alguns sintomas associados, que podem causar algum desconforto ao bebê.

Nalguns casos esse desconforto é pequeno, mas noutros pode ser maior, com febres e diarreias.

De seguida conheça os vários sintomas que podem acompanhar o nascimento dos primeiros dentinhos do bebê.

– baba-se muito;

– as gengivas ficam inchadas, podendo mesmo ficar um pouco doloridas;

– dificuldade em comer;

– o bebê fica irritado e chorão;

– o bebê tem a tendência de colocar tudo o que encontra na boca;

– diarreia;

– febre.

O que fazer quando nascem os primeiros dentinhos do bebê

Como o nascimento dos primeiros dentinhos vem acompanhado por vários dos sintomas atrás mencionados, os pais devem procurar aliviar o desconforto por eles causado.

Assim, para que consiga aliviar os sintomas e deixar o bebê mais tranquilo, pode massajar as gengivas com uma pomada anestética apropriada para bebês, com as pontas dos seus dedos.

Devido ao facto de se babar muito, o bebê costuma ficar com o queixo irritado e avermelhado, muito idêntico à pele assada.

Como tal, pode aplicar o mesmo creme que usa nas assaduras do rabinho, já que contém substâncias importantes para tratar e regenerar a pele.

Por fim, e como o bebê tem também o hábito de colocar tudo na boca, dê-lhe objetos frios, que dessa forma, ajudarão a aliviar a inflamação e a dor nas gengivas.

Cuidados a ter com os primeiros dentinhos do bebê

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, os cuidados de higiene oral devem começar logo bem cedo.

Os primeiros dentes, que vão compor a dentição de leite, além de auxiliarem na mastigação e na fonética, têm também a função de preparar as gengivas para os dentes definitivos, e como tal, têm de ser tratados e protegidos logo a partir do momento que surjam.

Conheça de seguida os cuidados que deve ter com os primeiros dentinhos do bebê.

Num bebê com menos de um ano, a forma de cuidar dos dentes é diferente que num adulto. Assim, para um bebê a quem não tenha ainda nascido os primeiros dentinhos, é necessário uma dedeira específica, ou uma simples gaze molhada, com a qual se deve limpar a língua, bochechas e gengiva.

Este procedimento deve ser realizado no mínimo uma vez por dia, antes do bebê ir dormir. Mas o ideal é que se façam entre 2 a 3 vezes ao dia.

Depois do primeiro dentinho nascer, deve-se já começar a escovar os dentes, utilizando uma escova e creme dental sem flúor (uma pequena quantidade, do tamanho da unha do dedo mindinho do bebê) específicos para a idade do seu bebê.

É recomendável que a primeira consulta no dentista se faça após o nascimento dos primeiros dentinhos do bebê, e prossiga com regularidade a partir desse momento.

Conheça 6 Remédios Caseiros para Aliviar os Sintomas dos Primeiros Dentes do Bebê