-->Osteomielite Infecciosa - Tratamento, Sintomas, causas e Diagnostico

Osteomielite Infecciosa

Publicado em 11/02/2010. Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 8 dezembro 2018

OSTEOMIELITE INFECCIOSA – SINTOMAS, CAUSAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
Em geral, ocorre infecção por disseminação hematogênica do osso; as metáfises dos ossos longos e as vértebras são mais frequentemente acometidas.
Os principais sintomas são Dor vaga subaguda e hipersensibilidade do osso ou do dorso, com pouca ou nenhuma febre em adultos; apresentação mais aguda em crianças.
Os microrganismos incluem Staphylococcus aureus, estafilococos coagulase-negativos, estreptococos do grupo A, bastonetes
Gram-negativos, infecções anaeróbicas e polimicrobianas, tuberculose, brucelose, histoplasmose, coccidioidomicose e blastomicose.
As hemoculturas podem ser negativas; biopsia do osso é diagnóstica.
As radiografias no início da evolução são frequentemente negativas, mas a periostite pode ser detectada de 2 a 3 semanas após o início da evolução, seguida por desmineralização periarticular e erosão óssea.
A cintigrafia óssea com radionuclídio possui sensibilidade de 90% e pode ser positiva dentro de dois dias após o início dos
sintomas, porém não fornece qualquer informação sobre o patógeno.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Artrite bacteriana aguda
. Febre reumática
. celulite
. Mielomamúltiplo
. Sarcoma de Ewing
. Neoplasia metastática

OSTEOMIELITE INFECCIOSA TRATAMENTO
Antibióticos intravenosos após a obtenção de culturas apropriadas.
O ciprofloxacino oral, 750 mg 2 vezes/dia, durante 6 a 8 semanas, pode ser eficaz na osteomielite limitada.
Em pacientes idosos, tratar com antibióticos de amplo espectro, como para a bacteriemia por microrganismos Gram-negativos
em consequência de infecções urinárias, biliares, intestinais e do trato respiratório inferior.
Desbridamento se a resposta aos antibióticos não for satisfatória.

Dica
Na osteomielite crôníca: uma vez osteomielite, sempre osteomielite.
Referência
Lew DP, Waldvogel FA: Osteomyelitis. Lancet 2004

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653)

Nutricionista Clínica - CRN-6 nº 23653

A Drª Raquel Pires é Nutricionista, Health Coach e Personal Diet, com grande experiência em atendimento em consultório e Idealizadora do Projeto ESD (Emagrecimento sem Dor).

Formação Acadêmica

- Graduada pela Universidade Santa Úrsula. - Pós Graduada em Nutrição Clínica. - Pós Graduada em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação Nutricional Clínica e Esportiva. - Pós Graduada em Nutrição Aplicada ao Emagrecimento e Estética.

Também pode encontrar a Drª Raquel no Linkedin, Facebook e Youtube

Marcação de consultas 88-99685-0858