Paraisos para Vitalizar a Alma

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Paraisos para Vitalizar a Alma

Existe uma parte das Caraíbas que foge, como o diabo da cruz, dos magotes de turistas que invadem as praias e os complexos turísticos armados com a pulseirinha “tudo incluído”. Nessas Caraíbas, não há lugar para os casais casados de fresco e as suas máquinas fotográficas descartáveis, nem para os grupos de estudantes encharcados em álcool…

Percorremos palmo a palmo este privilegiado lugar para lhe apresentar uma selecção de exclusivíssimos resorts e outros lugares secretos. Com certeza, também nestes encontramos as obrigatórias palmeiras, a areia branca e as águas cristalinas. Mas estes locais podem oferecer-lhe muito mais do que isso. Uma última coisa: só por uma vez, seja egoísta e não conte nada a ninguém.

CAP JULUCA, ILHA DE ANGUILA
Dizem, os que a conhecem, que a sua praia, em forma de meia-lua e de 2,5 km de largura, possui uma das areias mais brancas que existe. Um postal idílico que se completa com a água do mar, de um azul-turquesa tão claro que parece irreal. O contraponto exótico é-lhe dado pelas casinhas de paredes caiadas, de inspiração marroquina, que se espalham em redor da praia. Para evitar tentações que o possam levar de volta ao burburinho mundano, nos quartos do Cap Juluca não há televisão nem rádio. www.capjuluca.com

CARLISLE BAY, St. MARY’S (ANTíGUA)
Os seus responsáveis, que são os mesmos do premiadíssimo One Aldwych de Londres, procuraram conceber algo zen. Restaurante asiático, sala de cinema com 45 cadeiras azuis feitas em couro italiano, uma biblioteca, considerada, pelo Finantial Times, “The coolest in the world”. Mas, a modernidade chega a conta gotas a esta velha ilha, para garantir serenidade absoluta, sendo os desportos náuticos motorizados proibidos nas suas preciosas praias. O Carlisle mima os seus visitantes, oferecendo-lhes toalhas de mãos refrescadas com essência de limão. www.carlisle-bay.com

COTTON HOUSE MUSTIQUE, Ilha de São Vicente (Ilhas das Granadinas)
Tommy Hilfiger e Mick Jagger deixam-se aparecer, de vez em quando, pela festa de “Terças à noite”, realizada pelo Cotton House. Estes e outros famosos vivem nesta ilha praticamente virgem de forma semiclandestina, em mansões privadas à margem da lei. De facto, o Cotton House Mustique, um exclusivo complexo de 20 quartos, com uma incrível praia privada em forma de meia-lua, é o único local da ilha de 5,6 km2 onde os visitantes podem encontrar alojamento. www.cottonhouse.net

ikal del mar, península de lucatão (méxico)
Não se assuste. A Riviera Maia, uma franja de areia de 130 km, situada entre a selva da Península de Lucatão e as Caraíbas, conta com lugares como Cancún, repleto de cadeias de hotéis “gémeos” unidos quase paredes-meias. No entanto, a uns 30 minutos a sul, pode encontrar pérolas por explorar, como Ikal del Mar. Aí, perdido no meio da selva, esperam–no praias com cabanas, piscinas naturais, 29 luxuosos bungalows com tecto de palha… www.ikaldelmar.com