-->Pele bonita - Como ter uma pele bonita - Educar Saúde

Pele bonita – Como ter uma pele bonita

Publicado em 05/05/2011. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Ter uma pele bonita, luminosa e atraente é o sonho de qualquer mulher. Conheça alguns alimentos que pode comer para manter uma pele bonita.

A pele encontra-se em permanente contacto com o meio exterior, por isso é ela que sofre as consequências mais directas dos agentes desse meio, em especial daqueles que a agridem. Para além de alguns agentes químicos com os quais lidamos, também o vento, o frio, o pó e a poluição, o ar seco e o sol são grandes inimigos da pele. Por todas estas e outras razões a pele merece uma atenção especial. Comece por seguir os conselhos sobre as 10 coisas que pode comer ou beber para manter uma pele bonita.

Água – beba diariamente, de duas em duas horas, um copo de água. Assim, o processo de libertação das toxinas é mais rápido e a sua pele ficará mais saudável. Caso não goste de água, esprema um pouco de limão, melão ou de melancia.

Chá verde – o chá verde é tão bom para a pele como uma bebida estimulante. Quando está cansada, a sua pele não tem brilho, fica com um aspecto baço nada agradável ao toque e à vista. Para evitar que isso aconteça beba chá verde. O resultado é uma pele luminosa graças à libertação de todas as toxinas presentes no seu corpo.

Espargos – se transpira muito da cara os espargos são aconselhados porque são um diurético maravilhoso. Pode comê-los cozidos, mas o segredo está em beber a água da cozedura.

Uvas – muitos dermatologistas recomendam uma mistura de uvas com iogurte. É uma alternativa deliciosa e com baixo teor de gordura.

Maçãs – não dispense uma maçã todos os dias. Esta fruta pode ajudá-la a obter uma pele de sonho, visto que fornece os aminoácidos e as proteínas vitais para a pele e cabelo.

Ananás – este fruto tem propriedades digestivas e nutrientes bons para a pele. O ananás tem um efeito purificador no sistema digestivo e é bom para os casos de alergia ou hipersensibilidade da pele. Se não gostar de ananás, pode comer papaia que produz efeitos similares.

Salmão, peixe fresco e aves domésticas – muitos dermatologistas recomendam o consumo destes alimentos porque têm proteínas que dão à pele um efeito luminoso e, para além disso, permitem tornam o cabelo mais saudável.

Óleo de peixe – os especialistas em dermatologia referem que a ingestão de alimentos ricos em vitamina A são essenciais para ter uma pele saudável, porque esta é uma vitamina protectora e necessária para manter a beleza da pele. A batata doce, a papaia e os vegetais são alimentos ricos em vitamina A que ajudam a ter a pele que sempre desejou. Se não gosta de nenhum destes alimentos pode substitui-los por óleo de fígado de peixe. Também é essencial comer alimentos ricos em vitamina D, por exemplo salmão, atum, ovos e leite ou óleo de fígado de bacalhau.

Enzimas – os alimentos alterados geneticamente, o stress, as agressões ambientais e as doenças esgotam a nossa fonte de enzimas, por isso é importante substituirmo-las porque servem para proteger a pele. O ideal é adquirir uma combinação de produtos que tenham quantidade diferentes de enzimas de celulose, lactose, lípase e protease.

Coenzima Q10 – a coenzima Q10 é uma vitamina que aumenta a produção de energia das células da pele. A sua acção dá à pele um aspecto mais luminoso e, simultaneamente, uma maior vitalidade. A Q10 existe na forma de comprimido e deve ser tomada em doses reduzidas: uma por dia.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.