Pêlos

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Os pêlos ou pelos são uma característica fundamental dos mamíferos e cobrem considerável parte da pele, embora estejam ausentes em algumas regiões do corpo, como a palmar e plantar. Os pêlos que se desenvolvem inicialmente constituem a lanugem, que desprendem-se pouco antes do nascimento para dar lugar a pêlos finos.

Os pêlos longos desenvolvem-se na cabeça (couro cabeludo) nas axilas, ao nível da sínfise púbica e, no sexo masculino também na face. Como ocorre na pele, a coloração dos pêlos depende da quantidade de pigmento neles existentes.

Os pêlos são fios elásticos, queratinizados, derivados da epiderme. Situam-se em depressões ou poros profundos e estreitos que atravessam a derme a profundidades variáveis, estendendo-se geralmente até o tecido subcutâneo. No pêlo distinguem-se duas partes: a haste e a raiz, estando a primeira acima da pele e a segunda alojada num tubo epidérmico denominado folículo piloso, que mergulha na derme ou na tela subcutânea. A base do folículo é dilatada, constituindo o bulbo piloso.

No ângulo obtuso formado pela raiz do pêlo e a superfície da pele encontram-se, geralmente, um feixe de fibras musculares lisas denominadas músculo eretor do pêlo, cuja contração provoca a ereção do pêlo. O pêlo é inteiramente formado por células epiteliais, distribuídas em três camadas definidas: medula, córtex e cutícula.

A formação do novo pêlo com a proliferação de células da bainha radicular externa na região da papila antiga. A papila torna-se maior e se invagina pela massa celular ou, segundo alguns autores, forma-se uma nova papila. Dessa nova matriz, ou “germe piloso”, desenvolve-se o novo pêlo. O novo pêlo cresce em direção à superfície sob ou ao lado do pêlo morto, o qual, finalmente, substitui.

A pigmentação do pêlo processa-se graças à presença de melanócitos, que se dispõem entre a papila e o epitélio da raiz do pêlo e fornecem melanina às células da raiz e córtex do pêlo, de maneira análoga à que ocorre na epiderme. Sua cor, tamanho e disposição variam de acordo com a raça e região do corpo.

Fig – Folículo piloso.