Pilates – técnica possibilita equilibrar corpo e mente

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692). Publicado em 9 de junho de 2010

Pilates é uma técnica que possibilita equilibrar corpo e mente

Capaz de proporcionar condicionamento físico e mental, o Pilates foi inventado pelo alemão Joseph H. Pilates e permitiu aplicar a prática no corpo todo na execução do exercício. Durante a Primeira Guerra Mundial, ele trabalhou como enfermeiro ajudando soldados acamados a conseguir mover o corpo. O aprendizado dessa época foi a base para a criação dos aparelhos usados nos dias de hoje nas aulas de Pilates.

Para a fisioterapeuta e proprietária de uma clínica de fisioterapia e Pilates, Mara Renata Fernandes Pimentel, essa prática proporciona integração entre corpo e mente, pois é preciso coordenar a respiração com os exercícios e, para isso, é necessário concentração.

Os ‘fujões’ das academias
O método não tem contra-indicações e qualquer pessoa pode praticar, seja para fins estéticos ou tratamentos de reabilitação.

Uma das principais diferenças do Pilates vs musculação, aponta Mara, está no sistema de molas usado nos exercícios, e não em pesos, como nas academias. “A mola pode facilitar ou ‘dificultar’ a execução. No segundo caso, o objetivo é aumentar a resistência. Uma das grandes diferenças entre as modalidades, é que no Pilates você ganha tônus e enrijecimento muscular, sem o ganho de volume de músculos como ocorre com a prática da musculação”, compara.

As aulas são ministradas a partir de séries pequenas e com uma grande variação de exercícios.

”Durante a prática você se exercita, ganhando consciência corporal, postura e definição muscular, sem sair da aula exausto”, ressalta Mara.

Assim como em qualquer atividade, é preciso usar roupas confortáveis e se alimentar de maneira saudável. Para iniciar, procure instrutores e professores qualificados.

Atividade física para se livrar do ronco
Que praticar exercícios faz bem a saúde, todo mundo sabe. Porém, as aulas de Pilates vão além e seus métodos podem prevenir inclusive o ronco. “Elas têm ajudado inúmeras pessoas com patologias respiratórias diversas, tanto que pneumologistas estão encaminhando esses pacientes para a prática dessa atividade. Os princípios da técnica se baseiam em priorizar uma boa respiração, condicionando o corpo e a mente, reduzindo o nível de estresse e ansiedade, melhorando assim a qualidade do sono”, explica a fisioterapeuta Yara Moraes.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.

Última atualização da página em 08/08/19