Plataforma vibratória funciona?

Quem nunca ficou curioso sobre se a plataforma vibratória funciona?

Para muitas pessoas, os resultados prometidos pelos fabricantes destas placas parecem bons demais para ser verdade, o que levanta muitas dúvidas sobre a sua real eficiência.

A maioria dos especialistas em emagrecimento vai garantir que sim, a placa vibratória funciona e pode ser utilizada não só para emagrecer, mas também para reduzir os sinais de celulite e até para moldar os músculos.

No entanto, as pessoas devem ser realistas e perceber que não basta utilizar uma placa vibratória para conseguirem obter os resultados que desejam.

Este aparelho deve ser sempre utilizado como parte de uma estratégia mais abrangente, que deve incluir uma alimentação mais equilibrada e saudável e a prática frequente de exercício físico.

Não basta subir para cima de uma placa vibratória e esperar que a gordura acumulada em excesso desapareça de forma mágica. A realidade não funciona desta forma.

A utilização de plataformas vibratórias permite melhor a tonificação dos músculos e até reduzir a celulite, mas é necessário adaptar a utilização às necessidades individuais de cada pessoa. O apoio de um profissional, que possa preparar um plano individualizado de utilização do aparelho, é fundamental para alcançar o sucesso.

A melhor forma de maximizar os resultados obtidos com a utilização destas plataformas é combinar a utilização do aparelho com outros tipos de atividades físicas.

Por exemplo, o indivíduo pode fazer natação num dia e no dia seguinte pode utilizar a placa vibratória. Atividades como natação, caminhada ou jogging são um excelente complemento a qualquer plano de exercícios.

É claro que quem se limitar a utilizar a plataforma, não praticando qualquer atividade físico e não alterando a sua alimentação, não vai conseguir visualizar os resultados que pretende.

As plataformas vibratórias não devem ser olhadas como uma solução única, mas sim como parte de uma estratégia de emagrecimento.