-->O que é e como lidar com o prepúcio em caso de fimose

Prepúcio: O que é, função e como tratar a fimose

O que é: O prepúcio é a camada de pele macia que envolve o pênis com a intenção de proteger e cobrir a glande (cabeça do pênis). Caracteriza-se por ser móvel, elástico e autolubrificante. É formado por uma camada externa, chamada de prepúcio externo, e uma face interna que está em contato com a glande e é coberta por uma mucosa.

O comprimento varia dependendo do indivíduo. Na maioria das crianças, o prepúcio se estende até à ponta da glande, excedendo-a até atingir a puberdade.

foto-de-prepucio

Abaixo você tem um índice com todos os pontos discutidos neste Guia

Funções

O prepúcio tem funções diferentes. As principais são:

Protetora: Ele protege a glande, mantendo o pH e a temperatura interna em níveis adequados. Desta forma, a superfície permanece sensível, úmida e macia.

Sensibilidade erógena: Uma das características do prepúcio é que ele é muito sensível porque é a área do pênis que possui a maior variedade de receptores nervosos, capazes de detectar mudanças de temperatura, textura e movimentos mais sutis.

Imunológico: Ele é composto por glândulas que produzem proteínas antivirais e antibacterianas. Essas proteínas são armazenadas na parte externa do prepúcio exercendo uma função protetora, como as células de Langerhans. Na parte interna há outro tipo de células, como os secretadores de imunoglobulinas.

Estimulação: A pele pode se mover para trás e, em alguns casos, alcançar a base do pênis, ou para frente, cobrindo a glande. Esse movimento pode estimular o homem.

Arranjo da ereção: Quando o pênis está ereto aumenta em espessura e comprimento. Graças à capacidade flexível e elástica dele, a pele pode ser adaptada às características de um pênis ereto.

Sexual: Ele facilita o movimento entre as membranas mucosas de mulheres e homens e ajuda o pênis a entrar na vagina da mulher com mais facilidade graças à sua auto-lubrificação.

Treinamento / Como cuidar

Ao nascer, o prepúcio permanece ligado à glande por uma camada epitelial que eventualmente desaparece. Quando a criança atinge a puberdade, ele será separado da glande e a partir desse momento o adolescente poderá movê-lo. O espaço que é formado entre o prepúcio e a glande quando se separa é chamado de espaço prepucial. No entanto, em alguns casos o adolescente não consegue remover o prepúcio e descobrir a glande, resultando em fimose. Conheça as doenças mais comuns na glande no artigo: Glande do pênis – o que é e quais as doenças mais comuns.

Fimose

Fimose é a dificuldade ou incapacidade de recolher a pele prepucial que cobre o final da glande. Em algumas crianças, a fimose pode ser acompanhada por um estreitamento do prepúcio que causa grande dor ao tentar movê-lo e inchaço do prepúcio durante a micção.

Em muitas ocasiões a patologia é confundida com um excesso de pele, pelo que os especialistas insistem que se a pele prepucial se desprende livremente e não há pressão durante a ereção, não há risco de fimose. Atualmente existem dois tratamentos para fimose:

Em crianças com um anel fimótico, a aplicação de cremes corticosteroides durante 1 ou 2 meses, geralmente resolve mais de 75% dos casos.

A fimose também pode ocorrer na adolescência e na idade adulta. Muitos indivíduos só percebem que têm a patologia quando têm a primeira relação sexual.

Circuncisão

A circuncisão envolve a remoção cirúrgica do prepúcio do pênis. O procedimento é realizado em crianças saudáveis ​​por razões culturais e religiosas ou por motivos médicos que estão ligados ao tratamento da fimose, embora alguns especialistas sustentem que também é um método de prevenção contra o câncer de pênis.

Durante a circuncisão, o médico remove o anel estreito da pele prepucial e sutura o local com um material absorvível.

A intervenção tem alguns riscos, como sangramento excessivo, possibilidade de infecções após a intervenção, vermelhidão da área ou uma possível lesão do pênis.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.

Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook