Conheça 8 Tratamentos para as Principais doenças da coluna

Milhares de pessoas ao redor do mundo sofrem algum tipo de problema relacionado à coluna vertebral.

Geralmente, na maioria dos casos essas complicações são resultado de longos anos de sedentarismo, manutenção de postura inapropriada, além da execução de tarefas que exigem esforço físico descomunal por parte do indivíduo, ou ainda quando o trabalho envolve a repetição de determinados movimentos que acabam influenciando a boa saúde da espinha dorsal.

Principais doenças da coluna Vertebral

A prevenção sempre é o melhor remédio para não afastar as dores lancinantes na região lombar, cervical, ou torácica.

No entanto, quando os cuidados necessários não são tomados, a tendência é que a dor apareça e, ao longo do tempo, torne-se aguda e constante.

Para estes casos e outros em que as dores são seguidas de outros sintomas, como sensação de perda de sensibilidade, formigamento, ou queimação nos braços, pernas, e na própria coluna vertebral, a procura por atendimento médico deve ser imediata.

Na sequência, confira as doenças mais comuns ligadas à coluna vertebral, os sintomas de cada uma delas, e as alternativas de tratamento.

Artrose vertebral

Embora na maioria das vezes esse problema acometa as pessoas que chegaram à terceira idade, ele também pode ocorrer em indivíduos mais jovens.

Basicamente, as razões que levam ao desenvolvimento da artrose são o excesso de exercícios físicos ou levantamento excessivo de peso. Entretanto, ela pode igualmente ser ocasionada após acidentes, ou ainda surgir em decorrência de importantes influências genéticas.

Sintomas da artrose vertebral

Considerada uma enfermidade severa, as consequências proporcionadas pela artrose vertebral podem interferir profundamente na rotina de qualquer pessoa. Os sintomas da artrose vertebral mais comuns são as dores profundas nas costas, além de uma crescente dificuldade para conseguir levantar o corpo da cama, por exemplo.

Importante notar que, caso o indivíduo possua artrose em outras regiões do corpo, fatalmente irá desenvolver a artrose na coluna vertebral.

Tratamento para artrose vertebral

O tratamento para artrose vertebral consiste no consumo de medicamentos analgésicos para controlar o grau de incidência das dores, e na execução de exercícios físicos fisioterápicos. Dependendo da gravidade da doença, uma intervenção cirúrgica pode ser necessária. Confira também: O que fazer nas principais doenças da coluna vertebral.

Lombalgia

Popularmente chamada de “dores nas costas”, a lombalgia é uma doença associada a qualquer época da vida de qualquer pessoa, independentemente da faixa etária. O problema pode ser momentâneo ou se prolongar por meses a fio.

Sintomas da lombalgia

Ocasionalmente, as dores típicas da lombalgia que afetam a região lombar podem ser acompanhadas de uma sensação de dormência, ou queimação, em somente uma das pernas ou em ambas, particularmente na parte traseira. Esse processo também é referido como dor ciática devido ao fato de envolver o nervo ciático que cruza toda a área.

Tratamento para lombalgia

Além dos exercícios fisioterápicos tradicionais, o paciente pode ser submetido ao famoso método R.P.G (Reeducação Postural Global), que tem o objetivo de estabelecer uma saúde de abrangência integrada, promovendo ajustes internos em diversas regiões do corpo.

Em se tratando de alternativas caseiras de tratamento, as melhores opções são a  preparação de uma compressa morna para ser posicionada sobre a área em foco,  e os exercícios de alongamento. Confira como preparar esta compressa em: Tratamento Caseiro para Dor na Coluna.

Hérnia de disco

Quando a hérnia de disco se agrava, a realização de procedimento cirúrgico é inevitável. Em contrapartida, existe um bom número de pessoas que possui o problema, mas consegue conviver com ele sem grandes preocupações ou consequências.

Sintomas relacionados à hérnia de disco

Os sinais e sintomas mais comuns que apontam para a existência da hérnia de disco são fraqueza, ou dormência, nas pernas e nos braços, além de uma sensação de queimação. Esses sintomas são decorrentes de um movimento específico gerado pelo disco invertebral, que ao pressionar a medula acaba por lesionar os nervos adjacentes, o que por sua vez culmina em fortes dores e formigamento nas regiões citadas acima.

Tratamento para hérnia de disco

Além da administração de medicamentos analgésicos que suavizam os efeitos da dor, o tratamento também compreende uma série de exercícios de fisioterapia, a hidroterapia, e a acupuntura.

No entanto, a aplicação de qualquer um desses tratamentos depende de uma análise clínica cuidadosa e minuciosa. Essa é a única forma do paciente receber uma opção de terapia que atenda às suas necessidades e expectativas. A importância das alternativas de tratamento se torna ainda maior quando a gravidade do caso atinge patamares que inviabilizam uma intervenção cirúrgica, já que procedimento seria nulo.

Todas as doenças relatadas acima podem influenciar diversos pontos da coluna vertebral, que é dividida em três setores: cervical, torácica, e lombar. O primeiro corresponde à região ocupada pelo pescoço, o segundo equivale à região intermediária das costas, e o terceiro abrange o último trecho da espinha dorsal.

(Conheça 5 Possíveis Tratamentos para a Hérnia de Disco).

Quem deve buscar atendimento médico

A recomendação para realização de consulta médica ocorre quando as dores ocasionadas pelos problemas na coluna são extremamente acentuadas, não sendo aplacadas nem mesmo com a adoção de remédios relaxantes de uso tópico, ou através de comprimidos analgésicos.

O diagnóstico realmente preciso deve ser efetuado por um ortopedista, que fará alguns questionamentos ao paciente para detalhar o local exato da fonte das dores. Concomitantemente a isso, o médico fará uma avaliação embasada nos resultados auferidos através de determinados exames , como os de radiografia, ou de ressonância magnética.

Por fim, cabe ao médico receitar medicamentos que podem ajudar o paciente a lidar melhor com o problema enquanto não se consegue uma solução mais definitiva.