-->Problemas de Ereção - Tratamento e medicamentos

Problemas de Ereção

Publicado em 21/10/2010. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

Problemas de erecção.

Os bloqueios sexuais passageiros resultam, em determinados casos, de problemas orgânicos. No entanto, quando este tipo de falha ocorre num homem jovem e de boa saúde os factores psicológicos devem ser, prioritariamente, analisados.

É natural que o homem incapaz de ter uma ereção se sinta atingido na sua virilidade. Diminuído pelo seu órgão que fraqueja, quer, acima de tudo, recomeçar para se sentir confiante. Porém, quanto mais se esforça para obter uma ereção, menos o consegue. A sua parceira acaba por se cansar porque se sente pouco desejada e corre o risco de desistir. Este círculo vicioso pode, então, levar ao abandono completo da vida sexual.

Tratamento de problemas de ereção e Medicamentos

O Que fazer? Antes de mais, restabelecer a capacidade de erecção para que o homem recupere a confiança em si mesmo. Existem medicamentos e processos mecânicos que, adaptados a cada caso e temporariamente utilizados, se revelam bastante eficazes.

No entanto, estas soluções são apenas um aspecto do tratamento: será conveniente pensar numa terapia sexual que leve o casal a redescobrir os jogos eróticos, compreendendo que desejo nem sempre é sinónimo de ereção.

Ler também:

Problemas Sexuais femininos e Masculinos

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.