Programa de emergência social

Revisado por Andre a 28 outubro 2018

Devido ao estado lastimável em que se tem vindo a encontrar o nosso país, temos vindo a enfrentar graves problemas sociais que necessitam de uma acção efectiva, urgente e ágil da parte do poder público. O PES (programa de emergência social) será conhecido até ao final do mês de Julho e concretizado no inicio do último trimestre do ano de 2011 e irá sustentar o programa de combate à emergência na pobreza que se prolongará até 2013.

O programa de emergência social consiste em arranjar soluções revolucionárias e firmes para ajudar crianças, idosos, mulheres com filhos a seu cargo, pessoas com deficiência e combater o grande numero com que as pessoas e famílias se deparam, o grande numero de desemprego, este programa consiste em ajudar tambem a inverter a tendência para o crescimento dos números da pobreza e da exclusão social.

Este novo fundo social vai ser suportado com os bancos que assim estejam dispostos a colaborar, e também com o orçamento do estado e de subsídios geridos pelos centros distritais da Segurança Social. Este programa tem também como objectivo uma menor intervenção directa do estado e numa maior participação de parceiros sociais como as Misericórdias ou as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), já que são estas as entidades que melhor podem contribuir para acudir às situações de emergência social que não param de crescer.

Será tambem segundo o nosso governo implementado um cartão solidário, que envolve bancos, em que o financiamento será tambem assegurado pelo PES. Os técnicos da segurança social vão garantir a supervisão a nível nacional da qualidade, e bom retorno, da aplicação dos apoios sociais a concretizar a partir do mês de Setembro.

O projecto está lançado basta agora aos portugueses aguardar para ver se a sua vida vai realmente melhorar, esperemos que sim, e que com estes programas consigamos sair da profunda crise económica em que o nosso país entrou.