Quais são os constituintes do tabaco?

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

Quais são os constituintes do tabaco?
No fumo do tabaco foram identificados mais de 4000 compostos químicos diferentes potencialmente nocivos, que se encontram distribuídos pela fase gasosa e pela fase de partículas. O principal componente da fase gasosa é o monóxido de carbono, que se combina facilmente com a hemoglobina dos glóbulos vermelhos, forma carboxihemoglobina e dificulta a distribuição de oxigénio a nível dos tecidos. Está também na origem da poliglobulia e do aumento da adesividade e agregação das plaquetas. Estes factores são responsáveis por hiperviscosidade sanguínea, que pode levar a acidentes vasculares agudos.

A fase de partículas é constituída essencialmente por nicotina e alcatrão. A nicotina é o componente do fumo do tabaco responsável pela dependência. O alcatrão é uma complexa mistura, que contém hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, nitrosaminas, fenóis, metais pesados e outros agentes cancerígenos. No fumo do tabaco encontram-se simultaneamente substâncias de grande poder iniciador e promotor da carcinogénese.

Devemos ainda considerar as substâncias irritantes, que reduzem a motilidade dos cílios vibráteis e a clearance mucociliar, convertem o epitélio ciliado em não ciliado e alteram a quantidade e características do muco produzido a nível do aparelho respiratório, a par do estreitamento inflamatório das vias aéreas.