Qual a Melhor Idade, Ideal ou Mínima, para Fazer uma Cirurgia Plástica

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Fique a saber qual a Melhor Idade, minima ou ideal para se submeter a uma Cirurgia Plástica. Veja a seguinte foto de uma cirurgia plástica de implante de silicone de 265 ml em cada seio antes e depois com a idade de 18 anos.

Cirurgia Plástica E Estética

(PS: Todas as imagens e vídeos existentes neste artigo foram removidos devido a não se encontrarem em conformidade com as politicas do Google. As nossas sinceras desculpas.)

A especialidade médica que hoje em dia é conhecida como cirurgia plástica foi aperfeiçoada durante a Primeira Guerra Mundial, em soldados que, por terem sido vítimas de desfigurações faciais, necessitaram de ser submetidos a cirurgias plásticas reconstrutivas.

Ainda que inicialmente este procedimento tivesse sido desenvolvido com uma finalidade mais funcional, hoje em dia é, maioritariamente, utilizado como meio de obtenção de resultados de carácter unicamente estético, não visando, necessariamente, corrigir deformações.

Com o advento da anestesia, as técnicas cirúrgicas sofreram avanços surpreendentes, possibilitando agora um rejuvenescimento quase perfeito que poderá beneficiar pessoas de todas as idades.

A popularidade da cirurgia plástica tem vindo a disparar no decorrer dos últimos anos, sendo que, só nos EUA, já são efectuados cerca de 1.6 de milhões de procedimentos por ano, e no Brasil 1.5 milhões.

Isto indica uma tendência que, caso se mantenha, poderá significar que num futuro próximo a esmagadora maioria da população acabe por se submeter a uma cirurgia estética pelo menos uma vez no decorrer da sua vida.

Aliado ao crescimento da popularidade deste procedimento está a redução significativa dos preços da cirurgia plástica, que cada vez mais começa a contribuir para que um número crescente de pessoas possa vir a usufruir dele.

Entre as cirurgias estéticas mais efectuadas estão a lipoaspiração, a rinoplastia e a abdominoplastia.

Ainda que haja muita gente a submeter-se a estas cirurgias com o único e exclusivo propósito de melhorar a sua aparência física, a verdade é que delas também poderão ser retirados inúmeros benefícios por parte de quem sofre de doenças congénitas, traumatismos, queimaduras, infecções, tumores, entre muitos muitos outros problemas.

Em casos destes, a cirurgia plástica funciona como uma técnica de reconstrução extremamente eficaz na reparação das mais diversas anormalidades.

Dependendo muito do procedimento e da sua finalidade, a cirurgia poderá ou não ser realizada apenas por um grupo etário específico.

Ainda que mais comum em indivíduos acima dos 18 anos de idade, estes procedimentos já são, frequentemente, efectuados em crianças, como é o caso de recém-nascidos que apresentem “lábio leporino“, onde poderá ser realizada uma queiloplastia (veja algumas fotos) ou outras malformações congénitas.

Já na fase pré-escolar, uma das correcções mais frequentemente efectuadas é direccionada à resolução de uma malformação conhecida como “orelhas de abano”, (a cirurgia chama-se otoplastia) que poderá dar origem a sérios problemas de auto-estima que dificultam a integração da criança no ambiente escolar.

Na fase da adolescência, é a rinoplastia que assume prioridade, na medida em que tem como objectivo corrigir algumas malformações do nariz extremamente comuns durante esta fase como por exemplo o desvio de septo nasal.

Ainda que os menores de idade possam submeter-se a estes procedimentos cirúrgicos, é importante incutir-lhes uma visão realista daquilo que é ou não normal no seu aspecto corporal, de modo a evitar que desenvolvam a ideia de que tudo aquilo que possa não ser do seu agrado deverá ser corrigido cirurgicamente.

Em menores, estes procedimentos só deverão ser efectuados caso se revelem indubitavelmente necessários, caso contrário haverá o risco de tomarem uma decisão demasiado séria para a sua idade, da qual poderão acabar por se vir a arrepender alguns anos mais tarde.

Para um bom processo de orientação, é importante existir o apoio incondicional, não só dos pais, como também de um cirurgião especializado, e em alguns casos até de um psicólogo.

Cirurgias Recomendações
– Cirurgia de orelha de abano (otoplastia) Idade mínima aconselhada: 2 anos
Recomendações: nenhuma
Idade máxima: não tem
Tempo para refazer em caso de problemas: 1 ano
Validade: tempo indeterminado
– cirurgias de seios (mamoplastia de aumento (com implante de silicone), mamoplastia de redução, mastopexia)
(No caso das mulheres, a idade para a cirurgia normalmente varia de dois a três anos após a sua primeira menstruação. É nessa altura que os hormônios começam a estabilizar-se e as glândulas mamárias atingem o tamanho máximo.)
Idade mínima: entre 14 e 15 anos
Recomendações: esperar desenvolvimento do corpo na puberdade
Idade máxima: não tem
Tempo para refazer em caso de problemas: seis meses
Validade: tempo indeterminado, mas troca obrigatória de próteses a cada 10 anos
Rugas, pescoço e pálpebras (lifting, lifting facial, ritidoplastia, cirurgia de papada, blafaroplastia) etc
Idade mínima: entre 14 e 15 anos
Recomendações: cuidados com sol e uso de cremes recomendados pelo cirurgião
Idade máxima: não tem
Tempo para refazer em caso de problemas: 1 ano
Validade: aproximadamente 10 anos
Nariz (rinoplastia)
Idade mínima: entre 14 e 15 anos
Recomendações: nenhuma
Idade máxima: não tem
Tempo para refazer em caso de problemas: 1 ano
Validade: tempo indeterminado
Lipoaspiração, lipoescultura e plásticas abdominais (abdominoplastia)
Idade mínima: entre 14 e 15 anos
Recomendações: evitar alterações constantes de peso
Idade máxima: não tem
Tempo para refazer em caso de problemas: 1 ano
Validade: 15 anos

Outras Cirurgias

Cirurgia Facial

– Implante Capilar (implante de cabelos (foliculos) em pessoas calvas)
Implante de Sobrancelhas (ex: para quem sobre de alopecia areata)
Implante de Cílios (tal como o nome indica)
Fio Russo
Bioplastia
Bioplastia nos lábios (aumento dos lábios através de preenchimento labial)
Bioplastia no Queixo (aumentar o queixo)
Bioplastia Facial (melhorar o contorno facial nas maçãs do rosto)
Bioplastia no Nariz (quando as imperfeições são pequenas a bioplastia pode substituir a rinoplastia)
Queiloplastia (Cirurgia para aumentar, reduzir, corrigir ou reconstruir os lábios)
Implante Dentário (implante de coroas de ceramica – Preços, fotos e informações úteis)
Mentoplastia (cirurgia para aumentar o queixo)

Cirurgia Corporal

Bioplastia nos Seios – aplicação de substâncias compativeis para o aumento dos seios sem o recurso ao bisturi)
Reconstrução Mamária (cirurgia indicada após uma mastectomia)
Braquioplastia (Para Quando existe excesso de flacidez nos braços)
Gluteoplastia (implantação de proteses nos gluteos)
– Bioplastia nos Glúteos (aplicação de materiais (PMMA polimetilmetacrilato, etc.. para o aumento das nádegas)