Quando Levar o Bebê ao Dentista

Os cuidados com a dentição são importantes em todos os animais, e o ser humano não é de maneira nenhuma uma excepção.

Felizmente, os avanços ao nível da medicina dentária têm permitido que mantenhamos a nossa saúde oral cada vez em melhor estado e que tenhamos cada vez menos problemas.

A dentição é algo que se desenvolve ao longo da vida, e é natural que logo após o nascimento possa existir uma data de factores que poderá condicionar o desenvolvimento da nossa dentição.

Assim sendo, para termos uma saúde oral adequada e uma boa dentição, é importante que logo desde muito bebés tenhamos certos cuidados com este tipo de questões.

Relativamente à consulta de dentistas, deveremos saber a partir de que idades podemos e devemos começar a levar o nosso bebé ao dentista. O que se recomenda actualmente é que o bebé vá ao dentista após o nascimento do primeiro dente de leite, o que ocorre geralmente por volta dos 6 meses de idade.

No entanto, é importante termos em conta que a higiene oral do bebé deverá sempre ser feita logo desde o nascimento. Em idades mais prematuras a boca deve ser limpa utilizando gazes ou panos especiais humedecidos.

Nomeadamente, deveremos limpar a língua do bebé, bem como as suas gengivas e bochechas.

Quando vamos pela primeira vez ao dentista, deveremos procurar desde logo orientações como a alimentação do bebé e os cuidados que deveremos ter com a mesma, o tipo de escova de dentes mais indicada para o nosso bebé, a pasta de dentes que deveremos começara a utilizar, bem como informarmo-nos da forma mais correcta para escovarmos os dentes do nosso bebé sem o ferir e garantindo a sua higiene e saúde oral.

Depois da primeira ida ao dentista, as próximas idas ao dentista deverão ser feitas de meio em meio ano, para que haja um acompanhamento frequente sobre a dentição do nosso bebé, bem como para prevenir problemas como o aparecimento de cáries.

Apesar de ser uma indicação dada pelos dentistas, recomenda-se que a escovagem dos dentes do bebé seja feita colocando uma quantidade de pasta de dentes do tamanho da unha do dendo mindinho do bebé (sensivelmente) numa escova, escovando adequadamente todos os dentes do bebé, sem o ferir.

A partir das idades em que sentimos que o nosso bebé já consegue segurar a escova de dentes e manejá-la da forma correcta, poderemos deixar que o bebé comece a lavar os seus próprios dentes, embora devamos sempre acompanhar este processo.

A pasta de dentes utilizada pelo bebé deverá sempre ser unicamente utilizada por ele, e não deverá ser igual à dos pais ou de outros bebés.

Quanto à frequência de escovagem, recomenda-se que esta seja feita depois das refeições, e pelo menos duas vezes durante o dia. Igualmente antes de se deitar, devemos sempre lavar os dentes do nosso bebé.

Conheça 6 Remédios Caseiros para Aliviar os Sintomas dos Primeiros Dentes do Bebê