Radiofrequência Combate Flacidez: Saiba quanto custa cada sessão do tratamento

A radiofrequência usada na medicina estética está indicada para a redução da celulite, cicatrizes provocadas pela acne, tratamento de cicatrizes hipertróficas e quelóides, rosácea e acne inflamatória – em todos os tipos de pele.

No entanto, a indicação mais comum é o aperto não-ablativo da derme – para melhorar a flacidez da pele (rosto e corpo) e reduzir as rugas na região.

Acabe Com A Flacidez Realizando Algumas Sessões De Radiofrequência

Os dispositivos de radiofrequência são classificados como unipolares, bipolares ou multipolares – dependendo do número de eletrodos usados.

Radiofrequência para tratar Flacidez

flacidez antes e depois da radiofrequência

A radiofrequência gera um campo elétrico que muda de positivo para negativo, o que provoca um movimento de rotação das moléculas e que gera aquecimento. Ao atingir a pele profundamente o tecido celular subcutâneo desencadeia uma cascata de reações que melhora várias patologias.

Antes de explicar-mos como a celulite e a flacidez muscular são melhoradas com o tratamento, vamos primeiro compreender ambas as condições.

O que é a celulite?

A celulite tem sido definida como uma doença de pele vasculopática (uma doença de pele, de origem vascular) que afeta 90% das mulheres e que geralmente é acompanhada por uma sobrecarga de gordura e flacidez.

A fisiopatologia da celulite inclui diversas fases de instauração: uma fase de edema em que as paredes do vazamento de vasos, infiltração de líquidos e substâncias agressivas em torno de adipócitos (células de gordura).

Os Adipócitos neste ambiente tóxico não pode realizar as suas trocas metabólicas adequadamente e aumentar de tamanho se tornando cercados nas últimas fases de fibras conjuntivas que vão estrangulá-los. Os Adipócitos também ficam rodeados por células linfáticas incapazes de travar as toxinas.

Esta cascata de reações fecha um círculo vicioso sobre si mesma em que a radiofrequência é usada para atuar em diferentes níveis.

O que é a flacidez?

A Flacidez No Rosto E Queixo Pode Ser Eliminada Facilmente Através De Algumas Sessões De Radiofrequência

A Flacidez é definida como uma disfunção da pele inerente ao processo natural ou de envelhecimento acelerado. Inicialmente, existe uma diminuição no metabolismo celular, como resultado de um descendente de colágeno e da biossintese de elastina.

O número de fibroblastos vai para baixo e a derme perde o seu tropismo normal, tornando-se de menos qualidade e perde a sua capacidade de reposição natural. A rede de colágeno e elastina, unidas á papila dérmica e aos tecidos subjacentes, apóia a epiderme.

O fracasso desta estrutura orgânica complexa mecânica (colágeno, elastina e substâncias fundamentais) destaca-se em maior ou menor grau, da epiderme da derme.

A Radiofrequência produz um aquecimento profundo da pele e do tecido adiposo subcutâneo. Tal aquecimento favorece a drenagem linfática e diminui os níveis de toxinas e líquidos em que os adipócitos nos tecidos afetados são incorporados.

Haverá também um aumento da circulação na área, melhorando assim o metabolismo do tecido subcutâneo de gordura e aparência da pele que o acompanham.

E por último, mas não menos importante, a radiofrequência pede a formação de novo colágeno na pele e no tecido subcutâneo, permitindo que o tecido adquira firmeza, graças à reorganização dos septos fibrosos e espessamento da camada subjacente dérmica.

A diminuição do volume é evidenciada por uma redução do edema e pela compactação através do tecido conjuntivo.

Uma hipótese em que um terceiro mecanismo que envolve a lise ou ruptura da membrana que envolve as células de gordura contribui para a redução no volume, ainda está por ser demonstrada.

Em termos de duração do tratamento, o seu comprimento é variável, dependendo da área a ser tratada. Pequenas áreas, tais como braços e abdômen são normalmente tratados em cerca de 25 a 30 minutos, as áreas maiores, tais como áreas trocanter (alforjes) podem-se estender de 45 a 50 minutos por sessão.

Como é realizado o tratamento?

Radiofrequência Elimina Queixo Duplo

O procedimento é simples…

Antes da sessão, a área é marcada em uma caneta cirúrgica. Em seguida, a pele é lavada com óleo aromático e a energia aplicada por meio de uma cabeça de tratamento é movida constantemente sobre a pele. Cada quadrado exige de três a quatro passes até uma temperatura adequada.

Assim que a sessão for concluída, é aplicado um gel de aloe vera sobre as áreas tratadas, e o paciente pode retomar suas atividades diárias, sem demora, evitando a exposição ao sol e raios UVA seguintes de 24 a 48 horas.

O número de sessões varia, mas, entre 8 e 12 sessões em um intervalo mínimo de uma semana é necessário. Os resultados podem ser vistos nos últimos dois ou três meses, embora o paciente possa notar alguma melhoria transitória durante as primeiras semanas após a sessão, devido à contração inicial do colágeno e, em parte devido a uma pequena reação inflamatória causada pela agressão dos procedimento que iram desaparecer depois dos 3 ou 4 dias.

Quanto custa?

Em Portugal os preços praticados variam entre

  • Rosto (20€ a 80€ por cada sessão);
  • Corpo (15€ a 130€ por cada sessão.

No Brasil os valores variam entre 180 a 320 reais para tratamentos realizados no rosto.

O procedimento é bem tolerado e não necessita de anestesia. Há uma sensação de calor e em pessoas com casos graves de celulite; pode haver dor devido ao atrito com a cabeça do tratamento.

Os efeitos secundários são vermelhidão e edema após a sessão (transitória, mas apresentam quase o tempo todo) e equimoses pequenas em áreas de fragilidade capilar (não frequente).

A Radiofrequência é contra-indicada durante a gravidez, a amamentação, marcapasso ou portadores de próteses metálicas, e as pessoas que sofrem de cardiopatias graves, bem como do tecido conjuntivo e doenças neuromusculares. Pacientes com excesso de peso não são bons candidatos também.

Em síntese, a radiofrequência é uma nova alternativa terapêutica para o tratamento da celulite e flacidez (Ver Imagem). É um método que produz um aquecimento profundo e controlado à pele e tecido celular subcutâneo provocando uma cascata de reações que causam o Collagenesis (endurecimento da pele e dos septos fibrosos), a drenagem linfática da gordura melhora a circulação na pele e o tecido subcutâneo.

Todos estes benefícios resultam na melhora da pele casca de laranja, melhorando a flacidez e reduzindo o volume da área tratada.

Saiba mais sobre Radiofrequência