-->Recupera-se a cintura depois da gravidez? - Educar Saúde

Recupera-se a cintura depois da gravidez?

Publicado em 30/06/2010. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Recupera-se a cintura depois da gravidez?

Depois do parto, a barriga não fica imediatamente lisa (para surpresa de algumas mamãs). A involução é lenta, mas progressiva, e deve ter-se paciência. Pode passar muito tempo («nove meses de gravidez, outros nove de recuperação», dizem algumas pessoas) até que a imagem volte a ser a mesma. Para favorecer o restabelecimento, é fundamental empenhar-se: os exercícios abdominais podem iniciar-se após sete dias do parto, se este for vaginal; e ao fim de um mês, em caso de cesariana (a cicatriz externa desaparece no período de três a seis semanas).

Dormir não é tão fácil
Nos últimos meses de gravidez, o ventre cada vez mais volumoso torna muito difícil encontrar uma posição cómoda para descansar. Os movimentos fetais (o bebé alterna períodos de vigília e sono de aproximadamente dez minutos), além de que o nervosismo pela proximidade do parto, não favorecem precisamente o descanso.

Os médicos advertem que deve evitar deitar-se de barriga para cima, para que o peso da barriga não comprima os grandes vasos que transportam o sangue para o útero e para a placenta, o que se pode tornar perigoso, tanto para a mamã (pode originar tonturas e baixa súbita de tensão) como para o bebé (pode reduzir o fornecimento de oxigénio).

Publicidade

A posição ideal para se deitar é o decúbito lateral (ou seja de lado), preferivelmente sobre o lado esquerdo. A maioria das vezes, o bebé está colocado de cabeça para baixo, com as costas apoiadas na parte esquerda do útero (ignora-se a razão). Por isso, se a mamã se deita sobre esse mesmo lado, o bebé estará mais cómodo ( no caso de se mover muito, deverá tentar e experimentar deitar-se sobre o lado direito). Uns quantos almofadões ou almofadas podem ajudar.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial baseiam-se em evidências científicas, sendo todos eles revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.

Publicidade