12 Remédios Caseiros para Cisto Sebáceo

Revisado por Dr Daniel Dourado (Dermatologista - CRM: 46.608 / RQE: 32.368). Publicado em 3 de setembro de 2016

O que é um cisto sebáceo? Os cistos sebáceos, também referidos como epidermóides, queratinosos ou epiteliais, são pequenas protuberâncias, infectadas, não-cancerosas, que se desenvolvem sobre a pele. Muitas vezes não causam qualquer dor, e o seu tamanho pode variar de ¼ polegada a 2 polegadas.

cisto sebáceo infectado

Os cistos sebáceos são caracterizados por inchaço e vermelhidão em redor da área afectada. Estas pequenas protuberâncias normalmente ocorrem em zonas do corpo onde existe uma grande produção de sebo, como no rosto (testa, atrás da orelha), pescoço, costas, ombros e peito.

O cisto geralmente surge a partir de um folículo de cabelo danificado ou na presença de glândulas sebáceas hiperativas – as principais causadoras da formação da acne na pele.

O bloqueio das glândulas sebáceas, os traumas de pele, a acne, a produção excessiva de testosterona nos homens, o aumento da produção de suor, a exposição excessiva ao sol, e a depilação – são alguns dos fatores que contribuem para o desenvolvimento doe cistos sebáceos no corpo, que podem ocorrer em pessoas de todas as idades.

Drenar o líquido presente pode ser uma forma de eliminar o cisto, no entanto, também aumenta o risco de disseminação da infecção. O médico ou o cirurgião são portanto as únicas pessoas capazes de o remover com êxito e sem riscos.

Neste guia educativo listamos os remédios caseiros mais usados para a remoção de cistos sebáceos. No entanto, antes de avançarmos é importante repassarmos algumas notas importantes:

Nunca se deve tentar remover ou estourar um cisto em casa, pois esta prática aumenta as chances de infecção. Estourar o cisto também não garante o seu desaparecimento permanentemente.

Nenhum dos remédios presentes neste artigo são conhecidos ou comprovados pela ciência. No entanto, a ciência sugere que eles podem ajudar, embora de forma indireta.

Lembre-se: Se o cisto causar incômodo estético, infectar, originar dor ou crescer rapidamente em tamanho, é importante consultar o médico (dermatologista).

Os Remédios caseiros para cisto sebáceo mais conhecidos

Compressa quente / almofada de aquecimento

compressa quente

A aplicação de calor é a medida caseira mais recomendada e eficaz para drenar ou encolher cistos. O calor pode ajudar a reduzir a espessura do líquido no seu interior, o que consequentemente pode levar a uma drenagem mais rápida no sistema linfático.

Como fazer: Umedeça um pano limpo em água quente. Retire a água em excesso. Coloque-o sobre o cisto por 5-10 minutos. Repita o procedimento de 3-4 vezes por dia. A compressa quente é um dos remédios caseiros mais usados para o cisto sebáceo. A compressa quente reduz a dor, acelera o processo de cicatrização, melhora a circulação sanguínea, e reduzir o inchaço de forma eficaz.

Como alternativa à compressa quente, pode ser usada uma almofada (saco) de aquecimento. Nota: Em ambos os casos, a água não deve estar muito quente.

Tenha em mente: Embora este remédio seja amplamente recomendado por médicos e fontes confiáveis, ainda não existem estudos e pesquisas científicas que comprovem a sua eficácia. Além disso, esta ação não remove o cisto de forma permanente – apenas um profissional de saúde pode conseguir isso. No entanto, e embora não seja um método garantido para drenar ou reduzir a aparência do cisto, vale sempre a pena tentar.

Vinagre de maçã

Vinagre de Maça, Cidra

O vinagre de maçã é outro remédio natural recomendado. O vinagre de maçã é rico em ácido acético, substância que ajuda a matar bactérias e evitar a infecção bacteriana. O ácido acético é também usado na escleroterapia e pode ajudar na redução de cistos até certo ponto.

Não existem estudos que validem o vinagre de maçã com tais benefícios. No entanto, tal como o óleo da árvore do chá, o vinagre de maçã também é antimicrobiano. Exemplificando: de acordo com um estudo in vitro, os ácidos acéticos são antimicrobianos. “In vitro” significa que o estudo foi realizado em um tubo de ensaio e não em um ambiente natural.

Como usar: Misture partes iguais de água com vinagre de maçã. Aplique a diluição diretamente no cisto várias vezes por dia. Também pode combinar aplicações de vinagre de maçã com o primeiro remédio caseiro indicado (compressa de água quente). Basta adicionar o vinagre de maçã à água quente nas proporções indicadas.

Nunca aplique o vinagre de maçã diretamente na pele sem ser diluído, pois os ácidos acéticos podem causar desconforto, irritação ou queimaduras.

Tenha em mente: O vinagre de maçã só pode ser eficaz em alguns tipos de cistos, como aqueles causados ​​por bactérias ou infecções, mas mesmo assim não existe garantia.

Óleo da árvore do chá

O óleo essencial da árvore do chá (Melaleuca alternifolia) pode ajudar em alguns cistos, embora de forma indireta. A pesquisa mostra que o óleo da árvore do chá tem atividade antimicrobiana. Isso significa que mata bactérias, vírus, fungos e outros patógenos.

Alguns cistos são causados ​​por pêlos encravados. Estes ocorrem quando os folículos pilosos não crescem devidamente, levando à infecção de uma glândula sebácea. Essa ação cria uma bolsa de pus que pode se tornar um cisto, referido como um cisto sebáceo.

Como antimicrobiano, o óleo da árvore do chá pode ajudar a eliminar infecções bacterianas causadas por pêlos encravados.

Tenha em mente: Apesar das suas propriedades excelentes, o óleo da árvore do chá não é um remédio comprovado cienficamente, pois ainda não existem estudos que mostrem a sua eficácia na remoção ou prevenção de cistos. Além disso, como nem todos os cistos são causados ​​por pêlos encravados, é altamente improvável que o óleo da árvore do chá ajude na cura de todos os tipos de cistos.

Como usar: Dilua o óleo essencial da árvore do chá (Melaleuca alternifolia) em água limpa, morna ou quente. A relação de diluição é de duas a três gotas por cada 1 onça de água. Aplique a mistura diretamente no local várias vezes por dia com um pano limpo. Também pode combinar a aplicação do óleo com a compressa de água quente indicada acima. Basta adicionar o óleo essencial à água quente na proporção de diluição adequada.

Evite aplicar o óleo essencial da árvore do chá não diluído diretamente no cisto ou na pele, pois pode originar desconforto, irritação ou queimaduras. O produto deve ser sempre diluído antes do uso tópico.

Óleo de rícino

óleo de rícino 100% puro, orgânico, e livre de hexano

O óleo da rícino ou mamona (Ricinis communis) pode ajudar da mesma forma que o vinagre de maçã ou a árvore do chá. A pesquisa mostra que o óleo de rícino é antimicrobiano e eficaz na eliminação de bactérias que vivem na pele, o que pode originar acne e cistos.

Tradicionalmente é usado na cura de muitas patologias, tais como o tratamento da perda de cabelo, dores causadas pela artrite, constipação, enxaqueca, acne, queimaduras solares, processos inflamatórios, micoses, e infecções fúngicas.

Tenha em mente: O potencial de cura do óleo de rícino no tratamento de cistos não está comprovado, nem parece reduzir o seu tamanho. Também é improvável que o composto tenha eficácia em todos os tipos de cistos, mas sim, apenas naqueles causados ​​por bactérias – embora mesmo assim não existam garantias de cura.

Como usar: É importante usar um produto 100% puro de óleo de rícino. Compre apenas produtos confiáveis ​​e com boa reputação no mercado.

Coloque uma gota de óleo de rícino no dedo ou cotonete e aplique no cisto sebáceo. Em seguida, coloque um saco de água quente sobre o local. O calor do óleo e da água podem ajudar a diminuir o tamanho do cisto. Aplique quantas vezes for necessário. Recomenda-se algumas vezes por dia. Evite ingerir o óleo, pois é tóxico quando consumido internamente.

Aloe vera

A pesquisa confirma que a aloe vera possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, ambos benéficos no alívio da dor e irritação proporcionado pelos cistos. Além disso, a planta também pode ajudar a reduzir o tamanho ou curar alguns cistos causados ​​por bactérias ou outros patógenos.

Tenha em mente: Em estudos realizados, a aloe vera não demonstrou remover, drenar ou reduzir de forma confiável a aparência dos cistos. O uso da planta pode ser útil no alívio do desconforto e dor, no entanto, são necessárias mais pesquisas para comprovar esse benefício.

Como usar: Siga as instruções indicadas do rótulo no produto, e aplique o gel, creme ou loção de aloe vera diretamente no cisto sempre que necessário. Use apenas produtos de marcas confiáveis.

Hamamélis

A Hamamélis é uma planta usada tradicionalmente em lavagens tópicas para acne. A pesquisa indica que a planta (Hamamelis virginiana) pode ajudar no tratamento da acne devido ás propriedades adstringentes e anti-inflamatórias que possui. Essas propriedades também podem beneficiar os cistos epidermóides. Pensa-se que os taninos adstringentes da hamamélis ajudem na redução, e os efeitos antiinflamatórios possam aliviar a dor.

Tenha em mente: Ainda não foram realizados estudos diretos que mostrem a eficácia da hamamélis no tratamento de cistos. É improvável que a planta ajude a eliminá-los, embora possa aliviar o desconforto.

Como usar: use um pouco de extrato de hamamélis a uma bola de algodão e aplique na região afetada. Repita a aplicação algumas vezes por dia ou quantas vezes desejar. As pessoas com a pele mais sensível podem ter reações à hamamélis, o que pode ser evitado com a diluição do extrato de hamamélis em água. A planta também está disponível em forma de cremes e pomadas.

Mel

mel

O mel é um produto orgânico conhecido pelos seus grandes efeitos e utilidades terapêuticas. É utilizado não apenas como um produto nutricional, mas também na saúde, descrito na medicina tradicional como um tratamento alternativo para condições clínicas que vão desde a cicatrização de feridas até o tratamento do câncer.

É um dos melhores alimentos para a saúde e beleza da nossa pele, e alguns recomendam-no para gerenciar cistos. Embora as pesquisas sobre sejam escassas, uma revisão de estudos recente, indica que o alimento tem efeitos antimicrobianos e anti-inflamatórios.

Tenha em mente: Independentemente do que a ciência atual diz, certamente que não é o suficiente para usá-lo como tratamento único na cura de cistos. No entanto, pode minimizar o desconforto, e ajudar em alguns cistos causados ​​por bactérias.

Como usar o mel: Um dos métodos é criar um emplastro misturando mel, de preferência cru e completamente natural, com outras ervas e ingredientes antimicrobianos. Em seguida, aplica-se a mistura ao cisto e deixa-se atuar durante a noite, protegendo o local. Também pode ser usado durante o dia, pois quanto maior for a quantidade de tempo mais eficaz será. Lave e aplique mais quantas vezes quiser.

Curcuma (açafrão-da-índia, açafrão-da-terra, turmérico)

Curcuma (açafrão-da-índia, açafrão-da-terra, turmérico)

O açafrão-da-índia é um poderoso ingrediente para a saúde e para a beleza da pele. Pode ajudar a tratar diversas patologias, tais como, dor, inflamação crônica, artrite reumatóide, depressão, diabetes, câncer, melhorar a saúde do cérebro, memória e retardar o envelhecimento. É talvez um dos remédios mais usados tradicionalmente para ajudar na remoção de cistos sebáceos.

Tenha em mente: O potencial de cura da curcuma no tratamento de cistos não está comprovado, no entanto pode ajudar a reduzir a inflamação.

Como usar: A raiz da planta pode ser usada para fazer um emplastro (cataplasma) para aliviar a dor e inflamação causadas pelo quisto.

  • Ferva ½ colher de sopa de açafrão-da-índia com 1 xícara de água. Deixe a infusão esfriar e beba todas as noites. Repita este remédio durante dez dias.
  • Alternativamente, pode misturar, suco de hortelã e açafrão em pó, para fazer uma pasta. Aplique a pasta sobre o cisto e deixe atuar por 15-20 minutos antes de lavá-lo com água.

Também pode fazer uma pasta de açafrão, água e mel, ou misturar um pouco de mel, suco de limão e açafrão em pó. Ambos devem ser aplicados da mesma forma (deixando sempre atuar por 15-20 minutos).

Iodeto de Potássio

Iodeto de potássio

O iodeto de potássio é um sal maravilhoso. Ajuda proteger a tireóide do iodo radioativo e trata alguns problemas de pele, devido às suas propriedades anti-inflamatórias (fonte).

Tenha em mente: Embora o iodeto seja um excelente anti-séptico e desinfetante que destrói as bactérias que podem causar cistos sebáceos (fonte), não existem estudos que comprovem a sua eficácia para esta finalidade.

Como usar: Aplique uma pequena quantidade de iodeto de potássio diretamente sobre a área afetada. Esta ação pode acelerar a cura da infecção.

Nota: Se experienciar erupções cutâneas, inflamação, algum tipo de alergia na pele, ou dores de estômago, deve terminar o seu uso. Antes de aplicar grandes quantidades de iodeto de potássio sobre a pele, verifique, (através da aplicação de uma pequena quantidade), se o produto é adequado para a sua pele e não lhe causa qualquer tipo de reação alérgica.

Saquinhos de chá

Saquinhos de chá

Os sacos de chá contêm inúmeras propriedades benéficas, uma delas, anti-inflamatória.

Tenha em mente: Apesar de ser usado tradicionalmente como um remédio caseiro para cistos sebáceos (fonte) não existem estudos publicados suficientes que comprovem realmente a sua eficácia.

Como usar: Molhe um saco de chá em leite, coloque no cisto sebáceo, e mantenha-o no local durante a noite. Envolva um pano (bandagem, curativo) em volta do cisto para o manter os saquinhos de chá no lugar e remova na manhã seguinte. A aplicação regular desta solução caseira pode ajudar a reduzir o processo inflamatório, e consequentemente o seu tamanho.

Prata Coloidal

Prata coloidal uso externo

 

A prata coloidal reduz a inflamação e melhora o funcionamento do sistema imunológico. É útil em alguns problemas de pele (fonte). Pode aplicá-la em forma de concentrado (como mostra a imagem acima) ou em forma de pomada ou creme. Pensa-se que ao estimular o fluxo de líquidos linfáticos ajuda a curar mais rapidamente o cisto sebáceo (fonte).

Tenha em mente: Entenda que os seus possíveis benefícios de cura não são apoiados pela ciência.

Pólen de abelha

Pólen de Abelha

Os gãos do pólen das abelhas são altamente nutritivos, pois possuem lípidos, proteínas, carboidratos, minerais e vitaminas, vitais para a cura de diversos problemas de saúde.

Pensa-se que o pólen das abelhas age como um depurativo do sangue caseiro, e é um tratamento bastante eficaz para problemas de pele, como acne e cistos sebáceos. O efeito adaptogênico do pólen das abelhas, pode fortalecer o sistema imunológico contra várias infecções.

Tenha em mente: Embora seja um produto fantástico, não existem evidências que suportem os seus benefícios na cura de cistos.

Como usar: Consuma 1 a 2 colheres de sopa de pólen de abelha diariamente ou tome em forma de pílulas, cápsulas, comprimidos. Escolha sempre produtos 100% naturais.

Foto De Cisto Sebáceo Inflamado

O que fazer para acelerar o processo de cura

  • Beba muita água e consuma muitas frutas frescas. Esta ação é necessáriq para a eliminação de resíduos do corpo.
  • Inclua frutas fibrosas e cítricas, grãos integrais, óleo de peixe, trevo vermelho, alho , bérberis e vegetais de folhas verdes na dieta.
  • Consulte o dermatologista caso perceba que o cisto inchou, aumentou de tamanho, está cheio de pus, ou a dor aumentou, principalmente se o cisto estiver localizado na área genital (fonte, fonte).
  • Se o cisto estourar sozinho, é importante lavá-lo bem com a água corrente e usar sabão antibacteriano para limpar a área afetada (fonte, fonte).
  • Mantenha a região afetada sempre limpa (fonte).
  • Lave sempre as mãos antes de tocar no cisto.
  • Se o pus for drenado, é importante aplicar uma bandagem, que deve ser mudada duas vezes por dia (fonte).
  • Faça uso de produtos de pele sem óleo.
  • Use lâminas higienizadas e cera para eliminar os pelos da pele.

O que não deve fazer

  • Evite o desejo de arranhar ou apertar o cisto para expelir o pus, pois pode transmitir a infecção para outras partes do corpo. Pode também levar a sangramento (fonte).
  • Evite a exposição excessiva ao sol.
  • Reduza a ingestão de alimentos salgados, condimentados e cafeína para evitar o risco de cistos mamários.

Pode ser câncer?

Os cistos sebáceos podem ocorrer em qualquer pessoa e em qualquer área do corpo, sem qualquer tipo de causa aparente. Não é caso para alarme, pois não é Câncer! São apenas tumores de caráter benigno que surgem na camada interna da pele.

Importante

Alguns remédios caseiros podem ajudar em alguns aspectos ou tipos específicos de cistos. As compressas de água quente são a solução caseira mais recomendada por fontes confiáveis.

Antes de aplicar um remédio natural tópico, é importante realizar um teste de pele: aplique uma pequena quantidade no antebraço e espere 24 horas para perceber se ocorre alguma reação alérgica. Embora sejam alergias raras, elas podem ocorrer.

Sempre que um remédio caseiro causar desconforto, irritação ou outro sintomas incomum, é importante interromper o seu uso imediatamente. Consulte o dermatologista. A única prática comprovada de remover um cisto sebáceo é consultando um profissional de saúde.

Por vezes é necessário cirurgia. Nestes casos, a cicatriz resultante da incisão na maioria dos casos é quase imperceptível como mostra a imagem abaixo.

Cicatriz De Cisto Sebáceo

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr Daniel Dourado (Dermatologista - CRM: 46.608 / RQE: 32.368)

Dermatologista - CRM: 46.608 / RQE: 32.368

O Dr. Daniel Seixas Dourado é Graduado em Medicina pela Universidade Severino Sombra – RJ – 2007. Para além disso possui:

- Especialização em Dermatologia: Hospital Eduardo de Meneses (FHEMIG) – 2009.

- Pós-Graduação Lato-Sensu em Medicina e Cirurgia Aplicada a Estética: CEMEPE – Belo Horizonte – 2010.

- Título de especialista em Dermatologia: Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela associação médica brasileira – AMB.

- Especialização em cirurgia da restauração capilar: Facultè de médecine Pierre et Marie de Curie de Paris / France – 2014.

- É membro titular da sociedade brasileira de dermatologia – SBD.

- Membro titular da sociedade brasileira de cirurgia Dermatológica (SBCD).

- Membro da associação brasileira de cirurgia e restauração capilar- ABCRC.

Endereço: Rua Bernardo Guimarães, 2717, sala 903 - Santo Agostinho, Belo Horizonte – MG

Email: atendimento@drdanieldourado.com.br

Telefone: (31) 9 9446 2446

Também pode encontrar o Dr. Daniel no Linkedin, Facebook e Instagram. Pode consultar o Currículo Lattes Aqui.

Última atualização da página em 30/10/19