Remédio natural para feridas

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

São mais que comuns e são várias as razões para o seu aparecimento. Uma pancada, um pequeno corte ou um arranhão podem provocar aquilo que nós conhecemos comumente como ferida.

Em termos médicos, é caracterizada por ser uma interrupção na continuidade do tecido corpóreo, que logo depois desencadeia uma afecção, causada pelas defesas do organismo. São várias as designações para uma ferida, podendo ser consideradas feridas superficiais ou feridas profundas.

As feridas superficiais atingem apenas a pele e a sua camada mais superficial, enquando as feridas profundas atingem tendões, músculos e a derme profunda. Podem também ser mais simples ou mais complexas. Nesses casos mais complicados, recorrer a um especialista é o mais aconselhado.

Quais são os primeiros passos para quando se tem uma ferida que não precisa de tratamento médico?

Primeiro, desinfecte a ferida e toda a área envolvente, pois o principal objectivo é vê-la cicatrizar o mais rápido possível. Comece por limpar, com uma compressa esterilizada, com água oxigenada ou água com sabão. Se não tiver compressas, use um pano, mas evite objectos que possam soltar pêlo, como o algodão.

Verifique como está a ferida e se causar ardor, é bom sinal: está a desinfectar. Depois de limpar também toda a área envolvente, coloque um antiséptico, que ajuda no processo de cicatrização.

Remédio natural para feridas

Pode recorrer, também, a opções mais naturais e caseiras. O mel, por exemplo, é conhecido pelas suas potencialidades cicatrizantes. Para o usar, limpe primeiro a ferida com água e sabão e com um pouco de água oxigenada.

Depois de limpa e desinfectada, coloque na ferida uma colher de mel, colocando por cima uma gaze, também com um pouco de mel, e outra gase limpa, juntamente com uma ligadura.

Troque a ligadura de duas em duas vezes todos os dias, até a ferida cicatrizar, sempre limpando muito bem a ferida.