Remédio Caseiro para prevenir a Bacteremia (Bactérias no Sangue)

Atualizado e Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 15/09/2019

Na literatura médica, a presença de bactérias na corrente sanguínea refere-se à bacteremia (Ver Imagem), condição que geralmente necessita de tratamento com antibióticos. Os principais sintomas incluem, febre e calafrios; perda de apetite; náusea ou vômito, dificuldade em respirar ou respiração rápida, frequência cardíaca rápida, erupções ou manchas na pele, confusão, sonolência severa ou perda de consciência.

Remédios Naturais Para Combater A Bacteremia (Bactérias No Sangue) Naturalmente

É possível morrer de bacteremia?

A bacteremia ocorre quando o sangue é infectado por bactérias. Trata-se de uma infecção grave e pode ter consequências fatais. Em casos avançados pode até causar a morte.

O que acontece quando as bactérias entram no sangue?

Quando as bactérias se multiplicam, o corpo reage liberando “químicos” na corrente sanguínea que podem originar uma resposta inflamatória que pode causar danos em vários órgãos do corpo.

Quais são as bactérias que causam bacteremia?

As causas bacterianas mais comuns são bacilos gram-negativos (por exemplo, E. coli, P. aeruginosa, E. corrodens e Haemophilus influenzae). Outras bactérias que também causam sepse são S. aureus, espécies de Streptococcus, Enterococcus e Neisseria.

Remédios caseiros

Como medida preventiva é importante realizar uma alimentação equilibrada que reforce as defesas do organismo. Alho, mel, açafrão-da-terra (cúrcuma), feijão-da-china ou feijão-mungo, suco de limão, óleo de melaleuca e óleo de orégano, são exemplos de alimentos que podem ser incluídos na dieta para reforçar as defesas do organismo.

A bacteremia geralmente é tratada com antibióticos e, devido às possíveis complicações, é importante tomar a medicação tal como indicado pelo médico.

Como complemento ao tratamento médico ou para prevenir o evento, existem alguns remédios caseiros que podem ajudar a reforçar o organismo contra as bactérias presentes no sangue.

Abundância de líquidos e descanso

Dê tempo ao corpo para descansar e recuperar se tiver febre. Certifique-se de ingerir líquidos suficientes para evitar a desidratação, evitando bebidas como café, chá e álcool, que podem agravar a desidratação.

Óleo essencial da árvore do chá 

O óleo da árvore do chá é um composto extraído das folhas de uma árvore que recebe o nome de Melaleuca alternifolia. Foi usado na Segunda Guerra Mundial pelos soldados suíços como forma natural de curar pequenas feridas.

O óleo essencial de Melaleuca alternifolia é antibacteriano, anti-fúngico e antiviral… e pode ser usado no tratamento de erupções cutâneas, abscessos, verrugas, hemorroidas, picadas de insetos, descamação, caspa, acne, bolhas, pé de atleta, …

Mel

O mel é usado tradicionalmente para tratar feridas e infecções, pois oferece atividade antibacteriana contra algumas bactérias. Estudos realizados em animais indicam que o mel consegue modular o sistema imunológico e, portanto, pode ajudar a prevenir a sepse.

Sempre que precisar de adoçar algo, use um pouco de mel, de preferência, mel de Manuka, para ajudar o corpo a combater as bactérias.

Feijão-da-china ou Feijão-mungo

Algumas pesquisas mostram que o extrato de feijão-mungo têm um efeito protetor contra a sepse. Acredita-se que este efeito benéfico seja conseguido através da inibição da proteína HMGB1, uma proteína que desempenha um papel importante na inflamação sistêmica.

Olmo-vermelho e Lobélia

Olmo Vermelho (Ulmus Rubra)

O olmo-vermelho (Ulmus rubra) e a lobélia são 2 plantas eficazes em feridas. Faça uma pasta com quantidades iguais das duas ervas e um pouco de água. Aplique no local com o auxílio de uma bandagem e troque conforme necessário.

Alho

Alho

Alho é conhecido pelas suas propriedades antibacterianas. O bolbo contém um composto natural chamado aliina, que quando o alho fresco é esmagado, é convertido num composto antimicrobiano – a alicina, que pode proteger o corpo de algumas bactérias. Se não gosta do sabor do alho, pode sempre contar com o alho negro!

Andrographis Paniculata

Andrographis Paniculata

A Andrographis Paniculata, ou “O Rei dos Amargos” é uma planta amplamente cultivada no sul e sudeste da Ásia, onde tem sido usada tradicionalmente no tratamento de infecções e algumas doenças.

A Andrographis Paniculata tem propriedades antibióticas e anti-inflamatórias que podem ajudar a complementar o tratamento médico. 

O Andrographolide é o principal constituinte extraído das folhas da planta, uma lactona diterpênica bicíclica.

As folhas e as raízes são as partes da planta geralmente usadas para fins medicinais.

Cúrcuma

Chá De Gengibre E Cúrcuma

Tal como o alho, a cúrcuma também contém propriedades antibacterianas. Estes efeitos benéficos são atribuídos a um composto antioxidante conhecido como curcumina presente na cúrcuma (açafrão-da-terra). Para saber mais sobre a curcumina confira este artigo.

Um estudo indica que a administração de curcumina pode ter um efeito protetor contra a sepse. Reduz a lesão, a morte dos tecidos, e dá expressão a uma proteína sinalizadora conhecida como TNF-alfa, que desempenha um papel importante na inflamação sistêmica.

A Sepse Severa Requer Tratamento de Emergência

Embora o termo “sepse” seja muitas vezes usado de forma intercambiável com “bacteremia” e “envenenamento do sangue”, não são exatamente a mesma condição.

A Sepse pode ocorrer mesmo sem bacteremia. E embora as bactérias sejam, de longe, a causa mais comum de sepse, as infecções fúngicas ou virais também podem causar a condição.

A sepse grave é uma emergência médica, que requer atenção imediata!

Sintomas como febre, calafrios, palpitações ou dificuldades respiratórias são sinais de aviso.

O tratamento tem como objetivo combater a infecção, impedir que a pressão sanguínea baixe a níveis perigosos e proteger os órgãos vitais. Os pacientes geralmente são tratados com antibióticos e fluidos. Os casos mais graves podem necessitar de diálise renal ou cirurgia.

VOLTAR PARA »

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.

Remédio Caseiro para prevenir …