-->Remédios e Amamentação - Educar Saúde

Remédios e Amamentação

Publicado em 28/09/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

A relação entre um remédio e amamentação é uma relação que deverá ser feita com muito cuidado, sob pena de se poderem originar problemas com alguma gravidade para o bebê.

Em algumas situações da vida, será necessário que as mulheres estejam a tomar algum tipo de remédios ou medicamentos para tratar alguma doença ou algum outro problema de saúde.

No entanto, os remédios são geralmente indicados para pessoas que sofram de problemas específicos e também indicados para o organismo de seres humanos adultos.

Como é sabido por senso comum, muito daquilo que a mãe ingere passa para o leite materno que ela produz. Na verdade, a alimentação e a ingestão de líquidos desempenham um papel fulcral na qualidade do leite materno e no impacto que esse mesmo leite terá no bebê.

Em geral, recomenda-se que não se deverá tomar qualquer tipo de remédios enquanto a mãe se encontra em fase de amamentação, especialmente sem conhecimento e parecer médico adequado.

Os remédios poderão passar para o leite materno dado ao bebê e causar-lhe problemas de diversos tipos, desde problemas ao nível renal e problemas ao nível do crescimento e desenvolvimento físico e cognitivo da criança.

Publicidade

É fácil de perceber o porquê dos perigos aqui referidos. O organismo do bebê é um organismo muito fácil e que se encontra ainda em desenvolvimento e maturação.

Deste modo, o bebê não é capaz de filtrar ainda muitos tipos de substâncias porque os seus rins não estão preparados para isso. Isso, para além de provocar problemas nos próprios rins, poderá eventualmente fazer com que se comecem a acumular substâncias tóxicas no organismo e no corpo do bebê, podendo fazer com que surjam problemas de gravidade ainda maior.

Apenas se os remédios forem estritamente necessários e apenas se um médico emitir um parecer positivo quanto a isso é que a mulher deverá amamentar o seu bebê mesmo estando a ser medicada. Remédios como o ciclofosfamida e ciclosporina são remédios que são de todo proibidos de serem ingeridos enquanto se encontra no período de amamentação, entre muitos outros.

Em caso de dúvida, consulte sempre o seu médico e procure uma opinião especializada e fundamentada.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook

Publicidade