Retenção na Fonte nos Recibos Verdes

Atualizado e Revisado por Equipe Editorial a 09/08/2019. Publicado originalmente em 6 de agosto de 2011

Retenção na Fonte nos Recibos Verdes. Nos tempos que decorrem, cada vez os portugueses vêem aumentar mais taxas, todos vêem o seu ordenado ser reduzido, e a crise a bater á porta, ninguém tem por onde escapar. A partir do dia 1 Outubro deste ano, 2011, é a vez de verem a taxa de retenção na fonte nos recibos verdes aumentar para contribuir no pagamento de uma divida que foi feita por quem não sabe governar.

As percentagens que incidem sobre os rendimentos foram alteradas, pois no ano anterior a taxa da retenção na fonte nos recibos verdes era apenas uma taxa única de 20% e este ano já não é assim.

Agora existem três taxas: para os médicos, advogados, entre outros a taxa passa a ser de 21,5%, para aqueles que trabalham em actos isolados, ou que são empresários individuais, a taxa é de 11,5%, e é de 16,5% para os rendimentos que provenham de propriedade intelectual, industrial, ou de quem preste informação sobre comércio, industria ou ciência.

Aqueles trabalhadores que recebam menos de 10.000 euros por ano, podem não fazer a retenção na fonte, para aqueles que recebem mais de 10.000 euros por ano, são obrigados a liquidar o IVA, e quem optar por um regime de contabilidade organizada deve tambem liquidar o IVA.

Caso nada digam até Outubro os vossos descontos vão ser feitos pelo antigo regime, ocorrendo apenas uma alteração, na taxa de tributação que passou a ser de 29.6% desde o dia um de Janeiro desde este ano. O que isto quer dizer é que em vez de ser (RB / 12) * 24.6% passa a ser (RB / 12) * 29.6%. logo toda a gente vai pagar mais á segurança social, caso mantenham o regime antigo.

No final de tudo temos mesmo que pagar, por isso mais vale pagar menos, e fazer o que nos pedem, para a melhoria do país. Quando este tempo de crise acabar esperemos que nunca mais voltemos a ficar nesta situação.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.

Última atualização da página em 09/08/19