Reumatismo nos Ossos: Fique atento aos Principais Sinais

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

O reumatismo é das doenças ortopédicas mais comuns, sendo no entanto uma designação que abrange um número muito grande de doenças diferentes, dependendo da zona e da estrutura do sistema locomotor que afete.

Ou seja, existem problemas reumatológicos que atacam os tendões, as articulações, os músculos, os ossos, etc.

Sintomas de reumatismo nos ossos

Nestes artigo iremos abordar o reumatismo nos ossos: os sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção. Poderá ainda conhecer algumas receitas caseiras, úteis para ajudar a aliviar os sintomas. Confira.

Reumatismo nos ossos

O reumatismo nos ossos é uma doença reumatológica que afeta articulações e ossos, manifestando-se através de sintomas como dor, inchaço, dificuldade em fazer determinados movimentos, entre outros.

Dependendo da zona e da forma como se manifesta, pode ter designações diferentes, sendo as mais conhecidas a osteoporose, a osteoartrite, a artrose e a artrite.

Este tipo de problema reumatológico pode afetar qualquer pessoa, não havendo predominância de idade ou sexo.

Não se conhecendo as razões exatas para o aparecimento deste tipo de doença, há no entanto vários fatores de risco, que ajudam a explicar alguns casos.

Assim, em pessoas com uma idade mais avançada é normal ocorrer este problema, especialmente devido ao desgaste natural das suas articulações. Outro fator de risco é ter na família um historial deste tipo de doenças.

Sintomas de reumatismo nos ossos

As doenças que integram o grupo dos problemas reumatológicos relacionados com os ossos podem afetar qualquer zona do sistema locomotor do corpo humano.

Contudo, tem maior incidência em estruturas como as articulações do pescoço, quadril, joelho e pés. Independentemente da causa por detrás do surgimento destes problemas, a forma como se manifesta é muito idêntica.

Confira de seguida os vários sintomas.

  • fadiga e cansaço;
  • dificuldade em realizar movimentos com determinadas articulações;
  • dores nos músculos próximos da articulação afetada;
  • dores articulares;
  • zona da articulação inchada;
  • vermelhidão na zona da articulação afetada

Diagnóstico de reumatismo nos ossos

Os problemas reumatológicos não são doenças que surjam de uma forma repentina.

A sua evolução é lenta e gradual. Como tal, para evitar que apenas se comece o tratamento adequado numa fase mais avançada, deve estar atento aos sinais e sintomas anteriormente mencionados.

Caso se aperceba de algumas destas manifestações no seu corpo, deve então consultar um médico ortopedista ou reumatologista.

Os médicos especialistas irão fazer uma avaliação física, e depois, pedir exames de diagnóstico, que servirão para confirmar ou despistar a existência de algum problema reumatológico.

Estes exames incluem análises sanguíneas, ressonância magnética e raio-x. Se for confirmada alguma doença de reumatismo nos ossos, o médico irá depois definir a melhor forma de tratamento, que deverá iniciar imediatamente.

Confira de seguida em que consiste o tratamento.

Tratamento para reumatismo nos ossos

Os problemas reumatológicos são irreversíveis, não tendo cura.

Dessa forma, o tratamento não tem como objetivo curar o problema, mas sim, aliviar os sintomas, impedir o seu agravamento e aumentar a qualidade de vida do paciente.

O tratamento consiste assim na adoção de hábitos de vida que ajudem a aliviar os sintomas, e ainda, na toma de medicação e na realização de sessões de fisioterapia regulares.

Hábitos de vida

Um indivíduo com reumatismo nos ossos deve ter uma dieta equilibrada e saudável, de modo a fornecer todos os nutrientes necessários para a saúde das articulações e ossos.

Além disso, uma alimentação adequada promove o controlo do peso, essencial para impedir sobrecarregar mais a estrutura locomotora já debilitada.

Nos hábitos de vida é também essencial começar a descansar mais e com maior frequência, de modo a impedir a acumulação de pressão e tensão nas zonas afetadas, que agravariam os sintomas. Além disso, deve ainda evitar esforços demasiado grandes.

Medicação

A toma de medicação em pacientes com reumatismo nos ossos tem como objetivo essencial reduzir a inflamação e aliviar as dores. Assim, quando ocorre o agravamento dos sintomas, o médico irá prescrever anti-inflamatórios e analgésicos.

Fisioterapia

Com o evoluir do problema, um dos sintomas que se manifesta é a dificuldade em fazer determinados movimentos com as articulações.

Assim, as sessões de fisioterapia terão como objetivo, além de reduzir a dor e a inflamação, também ajudar a melhorar a amplitude dos movimentos com as articulações afetadas.

Através de várias terapias e exercícios específicos, é assim possível melhorar a qualidade de vida e a capacidade de movimentação do paciente.

Leia mais sobre fisioterapia para reumatismo.

Remédios caseiros

Para ajudar a complementar o tratamento definido pelo seu médico, há ainda alguns remédios caseiros que pode revelar-se úteis para ajudar a aliviar as dores. O chá de manjerona e uma cataplasma de argila com cebola ralada, são alguns exemplos. Confira de seguida como fazer cada um destes remédios caseiros.

Chá de manjerona

Devido à presença de taninos e óleos essenciais na sua constituição, este chá pode ser muito útil no alívio das dores no tratamento do reumatismo nos ossos. Para fazer este chá vai necessitar de uma colher de chá de manjerona e de uma xícara de água a ferver. Junte os ingredientes, e depois de esfriar tem apenas de coar e beber.

Cataplasma de argila e cebola ralada

Outro tratamento caseiro bastante interessante é a cataplasma de argila e cebola ralada. Para fazer este remédio deve juntar três colheres de argila e uma cebola ralada num recipiente, e depois acrescentar uma quantidade pequena de água.

Mexa tudo bem até ficar uma mistura homogénea. Este tratamento deve ser aplicado duas vezes ao dia, na região afetada.

É importante relembrar que estes remédios caseiros apenas devem ser utilizados integrados no tratamento definido pelo médico ortopedista ou reumatologista, não o substituindo.

Prevenção

Em muitos casos, não se conhecem as causas para o aparecimento das doenças de reumatismo nos ossos. Dessa forma, é difícil prevenir.

De qualquer das formas, sendo o avançar da idade e o desgaste natural dos ossos e articulações uma causa conhecida, é possível fazer prevenção nestas situações.

Confira de seguida alguns cuidados a ter de modo a prevenir o surgimento da doença:

  • deve tentar proteger ao máximo as suas articulações durante a vida, evitando fazer esforços desnecessários;
  • adotar uma alimentação adequada e rica em nutrientes importantes para a saúde dos ossos e articulações;
  • procurar manter um peso próximo do seu ideal, de modo a não colocar pressão em excesso sobre as articulações;
  • não ficar demasiado tempo sentado ou em pé, mudando várias vezes de posição.

Além disso, com a chegada da terceira idade, alguns movimentos tornam-se mais suscetíveis de dar origem a desgaste articular, sendo por isso importante ter cuidados adicionais.

Estes incluem não fazer movimentos demasiado complexos, usar roupa confortável e fácil de vestir, caminhar mais devagar, entre outros.

Link útil: