Riviera Maya – México

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

“Um dia no Jardim do Éden…” por Maria Alexandra – Destino: Parque Ecológico de Xel Há – Riviera Maya – Mexico

O calor, o mar azul turquesa,… sim, sem dúvida, um Jardim do Eden… Mas acima de tudo, o conseguir apreciar um ambiente de total paz, tranquilidade e evasão, num local turístico como a Riviera Maya, no México. 

Praia del Carmen

Guia de Viagem

Itinerário:
1º Dia: Embarcamos em Lisboa num voo com destino a Cancun, México, fazendo escala em Miami. Chegamos ao final da tarde, sendo esperados por um transfer que nos levaria ao Hotel.

2º e 3º Dias: Dias de descanso nas praias do Hotel, aproveitando para praticar alguns dos desportos que o Hotel fornecia, sendo os preferidos a canoagem e o snorkling praticado perto de um pontão onde se juntavam várias espécies de peixes exóticos.

4º Dia: Visita de dia inteiro ao Parque Ecológico de Xel Ha – criado numa área natural protegida, caracterizada por uma língua de mar que entra pela terra dentro, formando uma espécie de lago de água salgada. O Parque é lindíssimo para além de ter todos os confortos necessários – restaurantes, bares e lojas, situados á entrada. O que o Parque tem de mais fantástico, é permitir ao visitante a oportunidade de escolher entre ter uma visita mais turística, ou então mais focalizada na descoberta da natureza e da sua tranquilidade.

5º Dia: Passado no Hotel, com todos os seus confortos aliados a uma beleza e preservação natural invejáveis.

6º Dia: Excursão de um dia inteiro á cidade Maya de Tchitcheniza, pois a viagem ainda é longa. A chegada é á hora do almoço que é servido num Hotel nas imediações das ruínas. Sem dúvida, uma visita a não perder! Estas ruínas carregadas de história e mistério, emergem do meio da selva com uma imponência que deixam qualquer pessoa com uma pergunta a surgir na cabeça – Como é que este povo conseguiu construir uma cidade assim?

7º Dia: Passado no Hotel a recuperar as energias do passeio do dia anterior….um passeio na praia, uma volta de canoa, um mergulho no mar, refeições maravilhosas á escolha, nos diversos restaurantes do Hotel…

8º Dia: Até ao início da tarde, a despedida do Hotel, com o desejo sempre presente de voltar àquele país maravilhoso, com uma história e beleza natural tão incríveis. Ficou sem dúvida a vontade de conhecer mais, aproveitando tudo de bom que o México tem para dar. Á tarde, o regresso a casa.

O que menos e mais gostei desta minha viagem ao mexico
Que desilusão! Tantos turistas! Mas foram desaparecendo á medida que caminhávamos. Ficavam nas lojas e bares. Seguimos para a praia, atravessando uma área rochosa corroída pela erosão, com iguanas a aparecerem para gozar o calor intenso. Sozinhos…

Continuamos. Passamos pela confusão, e de novo a paz… – uma zona por onde o mar entrou, transformando-se num lago com vegetação tropical. A água, límpida, revelando um mapa de rochas por onde nadam peixes exóticos. E á nossa volta… ninguém. A vontade era de nunca mais sair dali, a certeza era de que isso era impossível, mas que as imagens e sensações ficariam na memória.

E isto para dizer algo tão simples – não é preciso ir para os locais mais recônditos para gozar a beleza natural em paz. O seguir o chamamento da natureza, para além da busca de tranquilidade, faz com que se aprenda a procurar, mesmo em locais conhecidos, os cantinhos mais escondidos, e infinitamente mais belos…

Como chegar á Riviera Maya
Existem várias operadoras turísticas a organizarem estas viagens, cada qual com as suas características específicas. A agência de viagens apresenta-nos a melhor opção consoante as nossas preferências. Nós partimos num voo de Lisboa para Madrid, e em Madrid apanhamos o avião para Cancun – México, fazendo escala em Miami.

Onde ficar alojado
Barceló Beach Resort na Riviera Maya. Um resort com jardins lindíssimos, duas praias privativas, uma mesmo em frente ao Hotel com todo o equipamento balnear, e a outra, mesmo ao lado, totalmente deserta, ideal para passear. Escolhemos um quarto com vista para o mar, podendo assim acordar, e apreciar logo pela manhã, aquele mar azul turquesa único! O conforto do Hotel, os restaurantes, as actividades desportivas, os jardins, a simpatia das pessoas…todos os motivos para querer voltar!

Ver Video

Melhor epoca do ano para viajar para o Mexico: A altura ideal para visitar a Riviera Maya é entre Novembro e princípios de Junho, de forma a evitar as fortes chuvas. Estes meses são também preferenciais, devido ao menor fluxo turístico, não estando estas estâncias balneares excessivamente cheias.