Santo Domingo (República Dominicana)

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

São Domingos, conhecido oficialmente como Santo Domingo de Guzmán, é a capital e a maior cidade da República Dominicana. A sua população foi estimada em 2.084.852 habitantes em 2003, e em 2.253.437 no ano de 2006. A cidade de Santo Domingo está localizada sobre o Mar do Caribe ou Mar das Caraíbas, na foz do rio Ozama. Fundada por Bartolomeu Colombo em 1496, Santo Domingo é a colonização Europeia mais antiga das Américas, e foi a primeira sede do governo colonial espanhol no Novo Mundo.

Santo Domingo é a cidade mais antiga do Novo Mundo, onde a resolução de todas as Américas começou. Veja a primeira catedral, o primeiro hospital. Caminhe pelas ruas de calçada entre a arquitetura colonial espanhola e imagine como as coisas eram por volta de 1600. Nenhuma outra cidade do Caribe tem maior variedade de restaurantes e vida noturna.  Existem muitos restaurantes nesta mágnifica cidade que é praticamente impossível, mesmo para aqueles que vivem aqui conhecer todos eles. Santo Domingo é uma cidade que nunca dorme. Um ótimo lugar para conhecer pessoas. 

Santo Domingo dispõe de grande um grande complexo comercial. Grandes cadeias de todo o mundo abriram filiais neste paraíso das Caraíbas. Santo Domingo é a cidade mais agitada e diversificada do Caribe. Tem hoje uma população de mais de três milhões de habitantes dentro da cidade e em toda a Província de Santo Domingo que se espalha ao longo de 250 quilômetros quadrados. Santo Domingo está localizado na costa sul da República Dominicana, a cerca de meio caminho entre a fronteira ocidental com o Haiti e a costa oriental. A fronteira mais distante oeste, a costa norte e costa leste estão a quatro horas de distância.

Cidade Moderna

A metrópole moderna de São Domingo possui ruas movimentadas, subúrbios encantadores e parques relaxantes, onde as galerias de arte convivem com centros comercias de estilo americano. Para lá da zona colonial fica uma movimentada metropole com mais de 2 milhões de habitantes, onde suburbios modernos se misturam com pequenas cidades pobres e onde parques e museus sossegados são o refugio do transito frenético. A cidade alarga-se para o interior, a partir do rio da faixa costeira, começando com bairros compactos do seculo XIX e terminando nos bairros comerciais da cidade alta. As influencias espanhola e coribenha, extressas através de varandas trabalhadas e madeira talhada, dão lugar a edificios funcionais.

As 10 Atracções principais da Cidade Moderna de Santo Domingo
O Malecón, Ciudad Nueva, Calle El Conde, Gazcue, Museo del Hombre Dominicano, Palacio Nacional, Palacio de Bellas Artes, Jardim Botanico, Parque Mirador del Sur, Farol Colombo (Faro a Colón).

Malecón
Estendendo-se diversos kilometros para leste do porto, o Malecón, tambem conhecido por Avenida George Washington, é a avenida marginal da cidade, ladeada de hoteis, restaurantes e bares.

Ciudad Nueva
Situada ao lado da zona colonial, este bairro de ruas estreitas e plazas contem bons exemplos da arquitectura do seculo dezanove e mantem a atmosfera de um bairro tradicional.

Calle El Conde
E a principal rua comercial da cidade velha. É uma rua pedonal que está ladeada de lojas e escritorios. A rua é famosa pelas joalharias, sapatarias e tambem pela musica dominicana e pela arte Haitiana.

Gazcue
Um suburbio de classe media dos anos 30, a mistura excentrica de edificios de Gazcue incluiu imitações de chales e arquitectura de madeira de estilo ingles e diversos cafes e galerias.

Museo del Hombre Dominicano
Parte do complexo da modernista Plaza de la cultura dos anos 70, esta colecção de artefactos revela o cuotidiano e os rituais do povo Taino pré- Colombiano.

Palacio Nacional
Apesar do palacio presidencial parecer inexpugnável, pode visitar este exemplar neoclassico dos anos 40, com o seu mobiliario de mogno e paredes de espelhos. Alberga departamentos governamentais.

Palacio de Bellas Artes
Uma austera fachada neoclassica anuncia as credenciais estéticas do quartel general das belas artes da cidade. Murais de josé vela zanetti decoram a escadaria.

Jardim Botanico
No suburbio mais a norte de arroyo hondo o jardim de 182 hectares exibe a enorme variedade tropical da flora do pais, com palmeiras, um jardim japones e 300 variedades de orquideas.

Parque Mirador del Sur
Um paraiso para corredores e caminhantes este parque fica no opulente bairro diplomático. Os penhascos calcarios na ponta norte têm uma serie de grutas, uma tem um restaurante e outra o clube nocturno Guacara Taina.

Farol Colombo (Faro a Colón)
Inaugurado em 1992 para comemorar o 500 aniversario da chegada de Colombo este momumento revestido e marmore suscitou forte criticas e foi considerado uma perda de dinheiro. Mas é um edificio impressionante.

Informações Adicionais
– Na esquina de Calle el Conde e da Calle Hostos, o hotel mercure comercial oferece um confortavel bar com ar condicionado para os visitantes fatigados.
– Para pedir uma escursão gratis ao palacio nacional ( 2ª, 4ª e 6ª) ligue 6864771 – Estensão 340. Pode demorar uns dias a obter a autorização, e deve ir vestido de forma adequada.
– Museo Del Hombre Dominicano: Plaza de la Cultura – ligue 6889700, aberto das 10 ás 17h de 3ª a Domingo, entrada por pessoa $1.
– Palacio de Bellas Artes: Maximo Gomez e Independencia – ligue 6821325, aberto diariamente e com entrada gratuita.
– Jardim Botanico: Avenida Jardin Botanico – ligue 5652860, aberto das 9h ás 18h de 3ª a Sabado, entrada por pessoa $1.
– Farol del Colombo (Faro a Colón): Aberto das 9h ás 17h diariamente, entrada por pessoa $1.
– Farol de Gleave: JL Gleave, arquitecto inglês de 24 anos, venceu em 1929 a competição internacional para a comemoração da descoberta de Colombo. Os fundos nunca chegaram e a obra só começou em 1986, 20 anos depois de Gleave ter falecido.

Santo Domingo – Zona Colonial

A jóia da coroa da capital, este bairro de edifícios coloniais restaurados e plazas sombrias está cheio de recordações de tempos passados. A zona colonial é o centro historico de Santo Domingo. Estes cerca de 2,5 km2 de ruas empedradas e praças sombrias têm alguns dos mais antigos edificios coloniaias do hemisferio ocidental, como a catedral. Percorrer a Calle de las Damas é seguir os passos dos primeiros conquistadores espanhois, que usaram Santo Domingo como base da conquista da América Latina. Este bairro animado está repleto de lojas, restaurantes e cafes, muitos em edificios da época colonial. É tambem  um verdadeiro bairro, onde as familias se sentam no exterior a apreciar a frescura da noite.

As 10  principais Atracções da Zona Colonial em Santo Domingo
A Catedral • Torre del Homenage • Parque Colón • Calle De Las Damas • Panteão Nacional • Hostal Nicolas de Ovando • Las Atarazanas • Alcazar de Colón • Las Casas Reales • Casa del Cordon

A Catedral
Esta exuberante mistura de influencias góticas e classicas data de 1540 sobreviveu a terramotos e ataques de piratas e tem a repuação de ser a ultima morada de Cristovão Colombo. O seu interior fresco contem monumentos magnificos.

Torre del Homenaje
Construida como torre de vigia em 1503 era usada para detectar a aproximação de piratas, mas mais tarde serviu como prisão mesmo durante a ditadra de trujillo.

Parque Colón
Com o nome de colombo o grande espaço aberto é dominado pela estátua do esplorador. Os cafes da praça são excelentes locais para se fazer uma pausa.

Calle de las Damas
Uma rua medieval ladiada de museos e igrejas possui alguns dos edificios mais bem restaurados da cidade antiga.

Panteão Nacional
Outrora um mosteiro jesuita, este edificio neoclassico é uma homenagem aos herois independentistas do pais.
No interior de marmore sente-se um ambiente solene e um soldado fardado monta guarda á chama eterna.

Hostal Nicolas De Ovando
Este hotel recentemente restaurado fica no interior da mansão do primeiro governador da coloniae ainda possui as varandas e a fonte andaluza originais. Um bom local para ficar hospedado com vista para o rio Osama.

Las Atarazanas
Uma fila de armagens antigos transformados em lojas e restaurantes. Os edificios de seculo XVI tambem incluem um pequeno museu sobre a vida maritima na epoca colonial que exibe salvados do galeão concepcion.

Alcazár de Colón
O palacio mandado construir pelo filho de cristovão colombo, Diego, tem vista para o rio e para a grande Plaza España. Esta mansão de pedra – Coral, de influencias mourisca, é o edificio colonial mais impressionante de Santo Domingo.

Las Casas Reales
A real audiencia ao supremo tribunal situou-se outrora neste edificio do seculo XVI, agora um museu colonial.
Procure o reloj del sol que servia para os juizes verem as horas.

Casa del Cordon
Diz-se que a casa da corda foi o primeiro edificio de dois andares da América. Diego Colombo viveu aqui enquanto o seu palácio estava a ser construido. A fachada está decorada com motivos de cordas.

Informações Complementares
– O movimentado café el conde, na esquina do parque colón, pode não ser luxuoso, mas é ideal para uma bebida refrescante, um petisco ou uma refeição.
– A roupa de praia não é adequada no centro da cidade, em especial nas igrejas e no panteão. Até os dominicanos pobres se vestem bem, e esperam o mesmo dos turistas.
Torre del homenaje:
Fortaleza Osama; horario – aberto das 9h ás 18h diariamente; Preço de Entrada por pessoa $0,50.
Panteão Nacional: horario – aberto das 9h ás 18 horas de segunda a sabado, e as entradas são gratis.
Alcazar de Colón: horario – aberto das 9h ao 12h, 14:30h – 17:30h de terça a sabado; preço de entrada por pessoa $1.
Casa del Cordon: Aberto das 9h até ás 17h de seg a sex, só o pateo é gratis.
Destruição de Drake: O sucesso colonial de Santo Domingo teve um fim Abrupto em 1586 quando a frota de Sir Francis Drake subiu o rio. Sem encontrarem oposição, os ingleses provocaram uma orgia de pilhagem e destruição enquanto o protestante Drake atacava a catedral. Santo Domingo Ficou em ruinas.