-->Sarampo no Bebê - Educar Saúde

Sarampo no Bebê

Publicado em 22/08/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

O sarampo no bebê é uma doença que poderá atingir bebês a partir dos 6 meses de idade que ainda não estejam protegidos (vacinados) contra a doença.

Esta doença, em termos mais concretos, é uma doença viral que provoca uma infecção no sistema respiratório. O vírus que provoca a doença é o vírus do sarampo, que é um vírus que em casos extremos poderá mesmo levar à morte.

A doença do sarampo é uma doença altamente contagiosa, por isso é normal que bebês que não estejam protegidos possam ser contagiados facilmente.

A prevenção deverá ser feita através de vacinação, e nomeadamente através de uma vacina para combater o vírus do sarampo.

A toma da vacina é recomendada apenas a partir de 1 ano de idade. Anteriormente a esse período nem será de todo muito justificável nem necessária a vacinação, dado que o bebê ainda possui anticorpos que recebeu da sua mãe durante todo o período de gestação e continua a receber durante a amamentação.

Ainda assim, em bebês mais fragilizados ao nível imunitário por diversos motivos, poderá ocorrer uma infecção pelo vírus do sarampo entre os 6 meses e 1 ano de vida, embora estes casos sejam raros.

Sintomas do sarampo no bebê

O sarampo é uma doença que se manifesta de uma forma bastante característica ao nível dos sintomas que apresenta. Nomeadamente, os principais sintomas de sarampo são:

  • Sintomas de conjuntivite;
  • Febres altas;
  • Manchas brancas/azuladas no interior da boca, que tendem a desaparecer ao fim de dois dias;
  • Manchas vermelhas/roxas na pele, que tendem a aparecer depois as manchas anteriores e que começam a aparecer perto da zona do cabelo. Mais tarde, estas manchas espalham-se por todo o corpo do bebê.

O bebê tende também a ter náuseas e enjoos nesta altura, recusando muitas vezes alimentar-se devido a isso mesmo.

Coçar os olhos poderá também ser um sinal que indica a presença de sarampo no bebê.

Caso dê conta que o seu bebé apresente alguns destes sintomas, deverá desde logo e o mais rapidamente possível dirigir-se a um pediatra para que possa ser correctamente diagnosticado o problema e consequentemente prescrito um tratamento que vise tratá-lo.

Os sintomas tendem a desaparecer e o vírus a ser eliminado entre 10 a 14 dias, embora hoje em dia geralmente os 10 dias serão suficientes para tratar o problema de forma eficaz.

Tratamento para sarampo no bebê

O tratamento para o sarampo no bebê é feito com recurso a medicamentos que permitem aliviar os sintomas.

Nomeadamente, a toma de analgésicos e antitérmicos é geralmente o caminho a seguir no tratamento do sarampo no bebê.

Ao nível alimentar, deveremos fornecer ao bebé uma alimentação que seja leve, bem como dar-lhe uma boa quantidade de líquidos (água e sumos naturais frescos).

Caso o bebé ainda esteja no período de amamentação, esta deverá ser feita várias vezes ao dia. Banhos de água fria dados ao bebé poderão igualmente ajudar a combater a doença.

Os pediatras poderão eventualmente receitar a toma de um antibiótico contra o problema, que no entanto deverá apenas ser utilizado em casos mais graves e em que se revele estritamente necessário.

A utilização de vitamina A é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde para as crianças que tenham o problema do sarampo.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook