Como Fica a Vida Sexual Após a Histerectomia

A histerectomia é a cirurgia que remove o útero (ventre materno) — o órgão oco onde o feto cresce e se desenvolve durante a gravidez. Realizar o procedimento pode aliviar a dor e outros sintomas de condições como miomas ou a endometriose. Em casos de câncer uterino, a histerectomia pode até salvar a vida da mulher!

Qualquer cirurgia apresenta efeitos secundários de curto e longo prazo. Os principais efeitos colaterais da histerectomia são a dor e o sangramento. E é importante a mulher entender que, depois do procedimento, não será capaz de ter mais filhos.

A histerectomia também pode atrapalhar a vida amorosa nas semanas seguintes ao procedimento. É tudo uma questão de tempo!

Entenda como a histerectomia pode afetar a sua sexualidade e o que pode fazer para garantir que não perde esta parte importante da sua vida.

Sexo Após Uma Histerectomia

Quanto tempo depois da histerectomia posso ter relação

A maioria dos efeitos colaterais relacionados à cirurgia passam com o tempo e o corpo deve geralmente recupera dentro de dois meses. O Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas e o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA recomenda a mulher a “não colocar nada na vagina” nas primeiras seis semanas após o procedimento.

Podem ser realizados diferentes tipos de histerectomia:

  • Histerectomia total. Este é o tipo mais comum. Remove o útero inteiro, incluindo a parte de baixo, o colo do útero. Também pode remover os ovários e as trompas de Falópio.
  • Histerectomia parcial (subtotal ou supra cervical). Neste procedimento apenas a parte superior do útero é removida.
  • Histerectomia radical. O cirurgião remove o útero, colo do útero, e a parte superior da vagina. Esse é muitas vezes usado para tratar o câncer do colo do útero ou do útero.

Qualquer dos procedimentos pode originar sangramento leve e corrimento após a cirurgia, e partir deste ponto a mulher já não terá períodos menstruais regulares como anteriormente.

Dor, ardor e coceira em torno do local da incisão também são normais. Uma vez que os ovários foram removidos, um dos possíveis efeitos colaterais serão as ondas de calor e os suores noturnos comuns na menopausa.

Como a histerectomia afeta as relações amorosas?

A histerectomia vai colocar a vida sexual em pausa apenas durante algumas semanas. De acordo com um estudo publicado, a maioria das mulheres afirma ter uma vida sexual normal após passarem pelo procedimento.

A remoção dos ovários pode levar à redução do desejo sexual. Isso porque os ovários produzem testosterona e estrogênio — hormônios que são parte integrante da libido da mulher e do homem.

Ainda posso ter um orgasmo?

Algumas mulheres relatam uma redução na intensidade dos orgasmos, ou a dificuldade em atingir o orgasmo após a cirurgia. Isso ocorre porque a remoção do útero pode danificar alguns nervos que permitem levar a mulher a atingir o clímax.

Depois temos o colo do útero, que também contém nervos que são estimulados durante o sexo. Nos casos em que o colo do útero é removido durante o procedimento, o cirurgião pode ter de remover estes nervos.

Embora sejam ambas situações raras, elas ocorrem.

Sentirei o sexo do mesmo jeito?

A histerectomia não afeta diretamente a sensação na vagina. No entanto, a remoção do ovários vai colocar a mulher em menopausa, o que pode levar ao ressecamento dos tecidos vaginais e tornar o sexo mais doloroso.

Qual é a forma mais segura de começar a fazer sexo novamente?

Primeiro, certifique-se de esperar pelo menos seis semanas — ou quanto o médico recomendar. Não tenha pressa!

Se a secura vaginal começar a tornar a relação dolorosa demais, consulte o ginecologista sobre o uso de cremes, anéis ou comprimidos de estrogênio vaginal.

Pode também usar um lubrificante à base de água ou silicone como o K-Y ou o Astroglide durante a relação.

Que medidas posso tomar para melhorar a minha vida sexual?

Se está tendo dificuldade em voltar à rotina normal, tente as seguintes dicas:

Não tenha pressa

Quando fizer sexo, não se apresse. Dê tempo para ficar excitada.

Experimente

Tente diferentes posições até encontrar uma que seja mais confortável. Explore opções diferentes de sexo vaginal, como estimulação oral ou manual.

Seja honesta

Seja aberta com o seu parceiro sobre o que é bom e o que dói. Se estas dicas não funcionarem, considere consultar um terapeuta sexual com o seu parceiro.

Saiba O que Causa Aumento do Útero e Como Tratar

Resumindo

Uma vez que você passou a marca das seis semanas após a cirurgia, deve ser capaz de voltar a uma vida sexual normal. Se estiver tendo problemas com a excitação, o orgasmo ou o desconforto durante o sexo, consulte o ginecologista.

Descubra Como Fica a Mulher Após Retirar o Útero

Ver referências +