Sintra

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Lugar mágico, onde o passado se mistura com o presente e o reino da fantasia se mistura com a realidade, Sintra encontra-se classificada pela UNESCO como Paisagem Cultural e Património da Humanidade.

A Serra de Sintra, com uma área de dez por cinco quilómetros, é um dos ex libris da zona. As várias quintas, palácios, miradouros e trilhos que aqui foram sendo construídos tornam esta serra um sítio extremamente rico a nível arquitectónico, histórico e ambiental.

Foto – Castelo dos Mouros (Sintra).

Dos vários monumentos existentes no concelho, alguns destacam-se pela sua beleza e sumptuosidade: o Palácio Nacional da Pena, o Palácio de Seteais, o Palácio de Monserrate e o Convento dos Capuchos.

Foto – Palácio Nacional de Sintra, vista da entrada principal com arcos ogivais (góticos).

Devido à sua beleza e riqueza, Sintra foi desde cedo povoada. As primeiras referências datam da pré-história, restando alguns monumentos a comprová-lo: o monumento megalítico de Tholos de Monge, a Anta neolítica de Monte Abraão, os menires neolíticos da Barreira, a Anta neolítica de Agualva e a Anta de Estria. Mais tarde, a ocupação romana deixou outros tantos vestígios: a ponte romana, o troço de calçada romana, a villa de São Miguel de Odrinhas, a fonte de Armés, a barragem de Belas e o povoado fortificado de Olelas.

Foto – Palácio de Seteais.

A nível gastronómico, Sintra apresenta deliciosas iguarias, como o cabrito assado, a carne de porco às Mercês, a vitela à sintrense, a caldeirada de abrótea e alcaboz e, para sobremesa, as queijadas de Sintra, os travesseiros e os fofos. Para acompanhar, prove o famoso vinho de Colares.

Foto – Palácio Real de Queluz.

Completando a oferta turística desta bela localidade, destaque para as suas praias de águas límpidas: o Cabo da Roca, a praia das Maças, a praia da Aguda, a praia de São Julião e a praia da Adraga. Não deixe de visitar a aldeia de Azenhas do Mar, com um pequeno areal de pedras e piscinas naturais.

Foto – Palácio de Monserrate, construido em 1858.

Foto – Palácio Nacional da Pena.

Foto – Palácio da Regaleira, também conhecido por Palácio do Monteiro dos Milhões.

A Não Perder em Sintra:

Pousada de Queluz/ Lisboa – Dona Maria I
Passeios de Charrete em Sintra
Serra de Sintra

Outras Sugestões:

Onde ir

– Castelo dos Mouros (vestígios)
– Convento dos Capuchos
– Palácio de Monserrate
– Palácio de Seteais
– Palácio Nacional da Pena
– Palácio Nacional de Queluz
– Palácio Nacional de Sintra
– Quinta da Regaleira

O Que Ver

– Museu do Brinquedo

Onde Comer

– Restaurante Dom Fernando
– Restaurante Tacho Real
– Restaurante Taverna dos Trovadores

Onde Dormir – Alojamentos – Hoteis, Residenciais, Pousadas e Turismo de Habitação.

– Lawrences Hotel & Restaurant
– Tivoli Palácio de Seteais
– Hotel Tivoli Sintra
– Penha Longa Hotel & Golf Resort
– Pestana Sintra Golf and Spa Resort
– Quinta Das Murtas
– Casa Miradouro
– Casa da Pendôa
– Hotel Lawrence´s
– Vip Inn Miramonte Hotel
– Quinta De São Thiago
– Hotel Atlantis Sintra Estoril
– Hotel Estoril 7
– Quinta Do Scoto

O que Fazer

– Jardins do Parque da Pena
– Parque da Liberdade
– Parque de Monserrate