-->Sinusite Alérgica - Educar Saúde

Sinusite Alérgica

Publicado em 19/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

A sinusite alérgica é um problema de saúde desencadeado por uma alergia que provoca uma inflamação dos seios perinasais, ou seja, das cavidades do rosto junto ao nariz.

Fatores que desencadeiam a sinusite alérgica

A maior parte das situações de sinusite alérgica são provocadas por alergia ao pó, ácaros, pólen e a alguns alimentos.

Existem outros tipos de alergias que também podem provocar uma crise de sinusite alérgica, mas os fatores apontados acima são, geralmente, os mais frequentes.

Para que se possam identificar quais os fatores que provocam a alergia e que estão na génese da sinusite alérgica é aconselhável fazer uma consulta no otorrinolaringologista,

Este especialista médico fará todos os testes necessários, incluindo os testes de alergias, onde são verificadas várias alergias alimentares, a vários tipos de ácaros, pólenes, ao pó e a outros elementos.

Sofrer frequentemente de sinusite alérgica é incómodo e em alguns casos pode até tornar-se incapacitante.

Sintomas da sinusite alérgica

A sinusite alérgica apresenta um quadro sintomático bastante idêntico àquele que é comum à sinusite viral, sendo que os sintomas mais frequentes são:

  • Dores de cabeça
  • Náuseas
  • Espirros
  • Corrimento nasal
  • Perda de olfato
  • Olhos vermelhos e a lacrimejar
  • Sensação de dor ao tocar no rosto

Dependendo da zona das cavidades do rosto que apresenta a inflamação, a intensidade dos sintomas descritos aumenta ou diminui.

Os seios perinasais do rosto dividem-se em 4 grupos:

  • Seios frontais, que estão na zona da testa
  • Seios esfenoidais, que estão localizados na base do crânio
  • Seios maxilares, que estão localizados nas maçãs do rosto
  • Seios etmoidal, que estão localizados entre os olhos e o nariz

Por norma, quando os seios esfenoidais ou dois ou mais seios faciais são afetados os sintomas são mais agressivos, podendo incapacitar a pessoa e obrigar a repouso.

Tratamento da sinusite alérgica

O melhor tratamento para a sinusite alérgica é, obviamente, evitar o agente que provoca a alergia.

Ainda assim, existem alguns medicamentos em forma de comprimidos e sprays que podem ser utilizados sempre que necessário.

O uso de água do mar e soro fisiológico também é uma excelente forma de ajudar a limpar e hidratar os seios nasais, o que permite uma maior sensação de conforto ao doente.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook