Solução Caseira contra Gases

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

Inevitáveis, os gases podem-se tornar um problema sério.

Apesar de existir ainda um tabu em volta deste fenómeno do organismo, devemos encarar os gases como uma manifestação normal do corpo humano.

Na maior parte das vezes, mostra que somos saudáveis e que tudo está bem nos sistemas estomacal e intestinal.

Quando surgem em exagero, essas manifestações devem ser tomadas como algo mais sério: tudo depende da graduação com que os gases são produzidos, dos ácidos que o organismo produz e da sensibilidade que cada pessoa tem, no seu intestino.

Problemas como a flatulência, a dor e o inchaço abdominais e os arrotos são sintomas de excesso de gases no organismo.

A sua origem ocorre de duas formas: ou os gases se originam porque existe fermentação dos alimentos localizados no estômago e nos intestinos ou se originam através do ar que é engolido, enquanto se come ou enquanto se engole saliva.

Saiba O que é a fermentação? Benefícios, Como Fazer, e os Melhores Alimentos Fermentados

Na maior parte das vezes, a criação de gases surge, relacionando-se com aquilo que comemos ou bebemos.

Bebidas gaseificadas, por exemplo, em grande quantidade dão origem a uma maior produção de gás intestinal.

O mesmo acontece com uma alimentação mais pesada: o feijão é conhecido pelas suas propriedades.

Reter os gases intestinais deve ser evitado, pois é aumentada a pressão nos intestinos.

Para resolver este problema, deve alterar radicalmente a sua alimentação. Pode ainda seguir algumas dicas caseiras, como beber chá com folha do abacateiro.

Baste ter 50 gramas de folhas secas de abacateiro e um litro de água.

Ferva as folhas durante cinco minutos, para a solução se fundir. Depois, coloque num recepiente e tape, deixando descansar durante 10 minutos.

Beba esta infusão de hora em hora, para ver resultados mais rápidos e uma diminuição gradual dos gases.

Este chá também faz bem à diarreia e a diversos tipos de problemas intestinais, graças às suas propriedades diuréticas.