Solução caseira para frieiras

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

As frieiras são conhecidas por serem inconvenientes e desconfortáveis. Aparecem no inverno e caracterizam-se por provocar a inflamação de determinadas zonas do corpo, que ficam vermelhas ou roxas.

No Inverno, o contacto com as temperaturas baixas é constante, por isso, as zonas que têm mais contacto com o exterior, como as mãos, o nariz, as orelhas e os pés, são as mais afectadas pela vermelhidão e pelos sintomas associados às frieiras. São eles o ardor, a comichão, a dor, a sensação de queimadura, e a criação de feridas, em situações mais graves.

O aparecimento das frieiras não se deve a nenhum vírus ou a uma causa específica. Podem aparecer porque existem familiares com antecedentes, porque tomou medicamentos para a tensão, por causa de anemia, lúpus, problemas de circulação ou de nutrição.

São mais recorrentes em mulheres jovens, idosos e crianças. Durante a maior parte do tempo, a doença está em estado adormecido e, só aparece, quando provocada por determinados factores. A exposição recorrente ao frio, o não usar vestuário adequado, as mudanças de temperaturas drásticas, as proximidades ao aquecimento e a água demasiado quente no banho são factores suficientes para voltar a sentir os efeitos das frieiras. Evite meias de algodão, sapatos desapertados e seque bem os pés depois do banho.

Solução caseira para frieiras

Depois do aparecimento da vermelhidão, não há muito a fazer, se não tratar. Experimente uma pomada caseira, feita por si mesmo, para acabar com a frieira.

Use algumas folhas de saião, colocando três delas, esmagadas, numa panela, juntamente com um pouco de óleo mineral. Deixe ferver, até as folhas secarem e coe o líquido. Num frasco, coloque o óleo mineral e a mesma quantidade de parafina líquida.

Mexa tudo muito bem, para obter uma pasta semelhante a uma pomada. Depois de pronta, passe a pomada nas zonas com frieiras, pelo menos duas vezes por dia, e massage bem.