Tendinite na Mão (Inflamação que ocorre nos tendões flexores da mão)

A tendinite é uma das doenças mais frequentes relacionadas com o sistema locomotor.

Esta doença caracteriza-se pela inflamação do tendão da mão, uma estrutura fibrosa que une o osso ao músculo, essencial para o movimento.

Tendinite Na Mão

Quando o tendão inflama, surgem normalmente sintomas como dor e inchaço, entre outros, podendo este problema afetar qualquer zona do corpo.

Contudo, a tendinite é mais comum em locais como o tornozelo, o joelho, o ombro, o cotovelo, o punho e a mão.

Neste artigo poderá saber mais sobre a tendinite na mão, as suas causas, e sintomas, e ainda, como diagnosticar e tratar. Confira.

Tendinite na mão

A tendinite na mão é assim uma inflamação que ocorre nos tendões da mão, especialmente nos tendões flexores.

Estes localizam-se na parte dorsal da mão.

Quando de manifestação aguda, este problema é designado por tendinite.

Contudo, caso nada seja feito e o problema se agrave, tornando-se um problema crônico, passa a denominar-se de tendinose, provocando a degeneração das fibras internas.

Entre as principais causas estão movimentos repetitivos e utilização excessiva, surgindo vários sintomas incómodos e limitadores.

Causas

Apesar da sua importância no sistema locomotor, o tendão não é tão elástico e flexível como o músculo, e nem tão forte como o osso.

Ou seja, em caso de sobrecarga, normalmente é o tendão que mais é afetado.

A sobrecarga que possa levar a uma tendinite no local pode resultar de variadas atividades, sendo normalmente aquelas que impliquem movimentos repetitivos e o uso excessivo das mãos, as maiores responsáveis.

A repetição de gestos por várias horas sobrecarrega os tendões, causando por sua vez calor e atrito com outras estruturas, o que pode levar ao agravamento da inflamação.

Tendinite Na Mão

Assim, geralmente os indivíduos mais afetados por este problema são pessoas que utilizem muito o computador (teclado e mouse), operários de linhas de montagem, músicos, atletas, entre outros.

Ou seja, profissionais que necessitam de realizar movimentos repetitivos com as mãos durante horas, diariamente. Confira de seguida uma lista de várias causas que possam levar ao surgimento desta tendinite:

– uso excessivo das mãos;

– atividades com movimentos repetitivos;

– traumas;

– atividades desportivas;

– aplicação de alguma pressão nas mãos durante períodos grandes, como por exemplo o amassar o pão (apesar de possível, não é muito comum).

Normalmente a tendinite surge na mão direita, especialmente por ser esta a mão mais utilizada pela maioria das pessoas.

Contudo, em canhotos, a tendinite é mais frequente na mão esquerda.

Apesar de não ser uma causa, a gravidez é um fator de risco, já que as variações hormonais podem deixar os tendões mais suscetíveis a lesões.

Também durante a amamentação a mulher pode estar mais sujeita ao desenvolvimento deste problema, especialmente devido à sobrecarga nos tendões quando a mulher segura o bebé com o braço.

Doenças Degenerativas: A doença degenerativa da mão, como a osteoartrite, está associada à degeneração tendínea e inflamação, resultando em tendinite.

Alterações isquêmicas que causam tendinite na mão:

A trombose arterial ou embolia da mão causa isquemia grave (falta de oxigênio), resultando em tendinite isquêmica e atrofia do tendão.

A isquemia também causa falta de nutrição aos tecidos moles como tendão e resulta em inflamação dos tendões da mão.

Fatores de risco

  • Diabetes
  • Gota
  • Artrite reumatóide
  • Ferida Penetrante
  • Doença Óssea Degenerativa
  • Efeitos colaterais de antibióticos – ciprofloxacina ou levofloxacina.

Sintomas

Existem vários sintomas provocados pela inflamação, sendo o principal a dor dos dedos, no lado da palma da mão.

A dor surge especialmente quando a mão é movimentada, durante a pressão e alongamento sobre o tendão. A dor aparece como se fosse uma pontada.

Apesar de nunca ser muito forte ou difícil de suportar, ao fim de algum tempo começa a tornar-se incómoda e algo limitativa dos movimentos habituais.

Normalmente, durante a tendinite na mão ocorre ainda um pequeno derramamento, no interior, sendo que o inchaço provocado pode não se notar no exterior.

Conheça alguns dos principais sintomas:

– dor na mão;

– inchaço;

– ardor;

– formigamento.

Em alguns casos, pode mesmo haver lugar a dormência e formigamento em conjunto, especialmente quando a tendinite é mais grave, levando ao desenvolvimento da síndrome do túnel do carpo.

Este problema irá assim causar formigamento e dormência nos dedos médio, indicador e polegar.

Como diagnosticar

Caso o individuo comece a notar os sintomas anteriores de uma forma regular e frequente, então é possível que sofra de tendinite na mão.

Para confirmar ou despistar o problema, deve assim dirigir-se a um médico ortopedista ou a um fisioterapeuta, que irá fazer a observação clínica dos sintomas, e depois, pedir um raio-x.

Este exame servirá para confirmar o problema e despistar outras possíveis condições de saúde.

Como tratar

Caso se confirme o problema, os primeiros passos devem ser repouso e paragem da atividade que causou o problema, e ainda, aplicação de gelo e toma de medicamentos específicos.

No que diz respeito à crioterapia (terapia a frio), devem ser aplicadas compressas de gelo 3 a 4 vezes por dia, durante cerca de 20 minutos.

Já a medicação é geralmente composta por anti-inflamatórios e relaxantes musculares.

Os medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) podem ser:

  • Prescritos por 7 a 10 dias para a inflamação.
  • Prescritos para as dores durante 10 dias.
  • Os AINEs mais comuns usados ​​são o Motrin, Naproxen e Celebrex.

Os relaxantes musculares mais comuns prescritos são o Baclofen, Skelaxin e Flexeril.

Opioides: Estes são Prescritos para casos de dor severa que não responde aos AINEs e relaxantes musculares

São prescritos durante um curto período de tempo, de 2 a 3 semanas. Os opioides de ação curta mais comuns prescritos são a hidrocodona e oxicodona. Os opiáceos de ação longa mais comuns prescritos são o Oxycontin, MS Contin e Metadona.

Antibióticos: A infecção da bainha do tendão é tratada com antibióticos. Isto porque a tendinite associada à infecção da bainha do tendão é muitas vezes difícil de tratar.

Injeção de Cortisona: A cortisona é injetada para tratar a tendinite e fornecer alívio, onde será realizada perto do tendão, usando um intensificador de imagem.

Seguidamente, de acordo com as indicações médicas, deve então iniciar tratamento fisioterapêutico, através de massagens e exercícios, que irá também ajudar a reduzir a inflamação e aliviar os sintomas, e ainda, promover a regeneração mais rápida do tendão lesionado.

A fisioterapia é aconselhada para prevenir a atrofia muscular dos músculos do antebraço e da mão se a tendinite durar por um período prolongado.

A tendinite aguda tem uma duração que pode ir até às duas semanas, podendo nestes casos não ser necessário fisioterapia, mas sim gelo, repouso e medicação.

Quanto a dor se torna persistente, o que significa que a tendinite está a tornar-se crônica, é então necessário fisioterapia, podendo nestes casos a cura ser alcançado num espaço entre 2 a 4 meses.

Cirurgia como opção de tratamento

Reposicionamento do tendão – A cirurgia é realizada para tratar a dor causada pelo tendão atrofiado ou pelo dedo em gatilho. A principal razão para fazer a cirurgia é aliviar a dor.

A cirurgia proporciona alívio permanente do bloqueio e desencadeamento na grande maioria dos pacientes.

O Inchaço, rigidez, e as dores nos dedos podem muito bem ser causados ​​por outros problemas, e podem persistir até certo ponto após qualquer tipo de tratamento.

Muitos pacientes com dedos em gatilho também têm uma tendência a ter inchaço, rigidez e dor nas partes móveis das mãos, e isso não é alterado pela cirurgia.

Continua 23 Tratamentos Caseiros para Tendinite

Referências:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://www.urmc.rochester.edu/
https://academic.oup.com/

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704)

Ortopedista e Traumatologista - CREMEC: 13177 TEOT(SBOT): 12704

O Dr. Davi Marinho de Araújo realizou a sua Graduação na Universidade Federal de Campina Grande, terminando o curso em 26 de abril de 2008. R. Aprigio Veloso, 882-Bodocongó Campina Grande PB (83) 2101 1000

Residência Médica

Ortopedia e Traumatologia : Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas (2009,2010,2011) Av.Gen. San Martin-Cordeiro Recife-PE 50630-060.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) - TEOT: 12704

Membro titular da Associação Brasileira Ortopédica de Osteometabolismo (ABOOM), e do Comitê de Doenças Osteometabólicas da SBOT.

Treinamento em cirurgia de Pé e Tornozelo no serviço de Ortopedia e Traumatologia da Clínica Alemana de Santiago-CH, International intership program at Traumatology Department, ankle and foot Unit with MD Cristian Ortiz as tutor.

Treinamento na Especialidade

CURSO INTERNACIONAL AO-HASTES INTRAMEDULARES, realizado no Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro RJ, 20 a 21 de maio de 2009.

AO PRINCIPLES OF FRACTURE TREATMENT COURSE, realizado em Fortaleza CE , de 4 a 6 de agosto de 2011.

CURSO AO TRAUMA PE E TORNOZELO, realizado em INDAIATUBA SP, de 24 a 26 de ABRIL de 2014.

CURSO AO TRAUMA AVANÇADO, realizado em RIBEIRAO PRETO SP , de 19 a 22 de AGOSTO de 2015.

Atividades laborais

Hospital Antonio Prudente, Fortaleza CE, atendimento clínico e procedimentos cirúrgicos, departamento de ortopedia e traumatologia, serviço de pé e tornozelo.

Membro titular do comitê de Ética Médica do Hospital Antonio Prudente, Fortaleza - CE, eleito para o atual biênio por processo eleitoral.

Hospital Gastroclinica, Fortaleza CE, atendimento clínico em emergência e procedimentos cirúrgicos.

Governo do Estado do Ceará , Policlínica Regional de Caucaia, médico ortopedista e traumatologista aprovado em concurso público.

Consultório Vittacura: Av Desembargador Moreira, 760 Meireles - Centurion Business Center - sala 809.

Também pode encontrar o Dr. Davi no Linkedin e no Google.

Última atualização da página em 12/08/19