Terapia Subdermal

Designada por endermologia ou terapia de massagem da silhueta, trata-se de uma técnica que usa um dispositivo de alta tecnologia que, através de um sistema de aspiração com rolos, massaja com firmeza toda a pele e o tecido subcutâneo.

Terapia Subdermal

A celulite é tratada agindo sobre as camadas hipodérmicas do tecido conjuntivo, estimulando a circulação e a drenagem dos vasos linfáticos, mobilizando as estruturas conjuntivas e facilitando a homogeneização dos tecidos.

O que é a Celulite?

O termo celulite é definido como um acúmulo localizado de gordura que produz uma alteração na pele e no tecido subcutâneo, dando origem à típica “pele casca de laranja”.

Pode ocorrer tanto em mulheres magras como em pessoas obesas, e são as mulheres as principais afetadas.

Os hábitos nutricionais, são um dos fatores que favorece o seu desenvolvimento, sendo a genética do paciente e o estilo de vida sedentário outras possíveis causas.

Indicações

A terapia subdérmica está indicada no tratamento de problemas na textura da pele como o chamado “aspecto casca de laranja” e também em problemas de flacidez.

“Basicamente, o método consiste numa massagem aspirativa que produz drenagem de tecido adiposo enquanto estimula ao mesmo tempo a microcirculação e as fibras elásticas da pele”.

A terapia subdérmica é muito eficaz no tratamento da celulite em:

  • Músculos
  • Aspecto interno das pernas
  • Aspecto interno dos braços

Também pode ser aplicado na face e pescoço.

Pode ser aplicada em combinação com a mesoterapia e programas de dieta para perda de peso.

Terapia Subdermal – Massagem silhueta

Desta forma, o tratamento subdermal reduz a retenção de líquidos, favorecendo a circulação e melhora a lipólise.

O técnica também remodela o contorno corporal, melhorando a silhueta e reduzindo o volume.

Ao nível da epiderme, o seu efeito esfoliante restaura a suavidade, tonicidade, firmeza e brilho à pele.

Para obter os melhores resultados, é recomendável um mínimo de 15 a 20 sessões.

Estas sessões devem ser realizadas uma a duas vezes por semana e duram cerca de 35 minutos.

As sessões devem ser aplicadas por profissionais habilitados.

A terapia é aplicada através de um (vestuário tipo de lotação), que abrange todo o corpo de modo que não exista nenhum dano ou trauma para a pele.

A técnica é útil para preparar e suavizar o tecido conjuntivo subcutâneo antes de uma lipoescultura ou lipoaspiração, por exemplo.

É usada também no pós-operatório para melhorar os resultados, facilitando a eliminação do edema e equimose residual, melhorando, em muitos casos, possíveis assimetrias.