Testosterona na Puberdade

Publicado em 07/03/2011. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

A testosterona na adolescência:

O que é que marca a entrada do homem na adolescência? Enquanto que na mulher a entrada na puberdade é definida quando aparece a primeira menstruação, no homem essa passagem é assinalada aquando da primeira ejaculação, o que acontece normalmente entre os 13 e os 14 anos, durante o sono ou no decorrer de manipulações do pénis. ´

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Nessa altura assiste-se a uma explosão hormonal e a uma grande modificação do corpo, frisa Nuno Monteiro Pereira, acrescentando que nessa fase da vida do homem o pénis, os testículos e o escroto aumentam, surgem os pêlos púbicos e há um certo desenvolvimento mamário devido ao aumento temporário da produção de estrogénios, que acompanham o aumento da testosterona. Assiste-se, ainda, ao aumento da pilosidade facial e corporal, à masculinização da silhueta, a voz muda, a acne aparece e o próprio odor do suor modifica-se.

Para além de ser essencial para o desenvolvimento do corpo, a testosterona é ainda responsável pelo desejo sexual, frisa o especialista, salientando que se o homem tiver níveis baixos de testosterona não terá desejo sexual, tal como acontece na mulher quando tem níveis baixos de estrogénios.

Saiba mais sobre:
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.

Publicidade

Testosterona na Puberdade