Translactação

A translactação é o nome dado a uma técnica que se tem tornado bastante popular e que se caracteriza por ser uma forma alternativa de se realizar a amamentação.

Esta técnica é uma técnica utilizada e especialmente recomendada em situações em que as mães não consigam produzir leite em quantidade suficiente para as necessidades dos seus bebês.

Alternativamente, poderá ser feito também em bebês prematuros, que não consigam ainda fazer força suficiente para conseguir sugar o leite materno da mama da mãe.

Nesta técnica, o que se faz é colocar o bebê ao peito para mamar do leite da sua própria mãe, que deverá ser retirado através de uma sonda colocada na zona do mamilo e ligada a um recipiente onde se encontre o leite materno.

Existe uma outra técnica semelhante chamada relactação. No entanto, na relactação utiliza-se leite de origem artificial. Na translactação o leite é de origem materna. No entanto, é extraído previamente e colocado num recipiente próprio esse leite, usufruindo o bebê de todas as vantagens naturais do leite materno.

Como fazer a translactação de forma caseira

A translactação é um processo que poderá ser feito de forma caseira no conforto do seu lar. Para tal, deverá seguir um conjunto de passos que se listam a seguir:

  • Comece por comprar uma sonda nasogástrica, que deverá ser de tamanho 4 ou 5. Procure aconselhamento junto do pediatra do bebê para saber qual o tamanho que deverá utilizar para o seu bebê. Estas sondas poderão ser encontradas em farmácias ou em drogarias;
  • O leite deverá ser extraído da mãe naturalmente ou ainda com a ajuda de alguns aparelhos propriamente concebidos para o efeito, que poderão ser igualmente encontrados em farmácias ou drogarias;
  • O leite materno deverá ser depois depositado e armazenado no recipiente escolhido, seja este uma seringa, um copo ou até mesmo um biberão;
  • Uma das pontas da sonda deverá ser colocada no recipiente que escolheu, e a outra ponta deverá ser colocada perto do mamilo da mãe, presa com algum tipo de adesivo;
  • Por fim, o bebê deverá ser colocado para mamar no peito da mãe de forma normal, mas fá-lo-á através da sonda nasogástrica.

Como fazer a translactação com kit

Para além da forma caseira e tradicional de fazer a translactação, poderá ainda fazê-la recorrendo a um kit especialmente desenhado para o efeito.

Com este kit, deverá seguir os seguintes passos:

  • Extrair o leite da mãe de forma natural ou recorrendo à utilização de aparelhos desenhados para o efeito;
  • Colocar o leite materno no recipiente do kit e fixar a sonda presente no kit no seio da mãe.

Deverão ser tidos alguns cuidados na colocação do recipiente com o leite, em qualquer dos casos. Nomeadamente, o recipiente onde se encontra o leite deverá estar sempre a uma altura mais elevada do que o seio da mãe, para que o leite possa fluir melhor e o bebê não precise de fazer tanto esforço.

O material do kit deverá ser fervido 15 minutos antes da sua utilização para que fique de certa forma esterilizado.

Deverá igualmente ter-se bastante cuidado com a forma como o leite é guardado, para se evitar a estragação do leite.