Tratamento Caseiro para Rinite Alérgica

Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 19 novembro 2018

A rinite alérgica é um dos tipos existentes de rinite, e que se carateriza por uma inflamação no revestimento interno do nariz, olhos, faringe ou seios perinasais (sendo neste caso chamada de sinusite).

flor de sabugueiro

Esta inflamação ocorre, como o próprio nome sugere, devido a alergias a diversas substâncias. Como reação a essas alergias, o organismo defende-se, o que irá provocar então a designada rinite alérgica.

Este problema poderá ter mais ou menos consequências, mais ou menos graves, mas algo que é sempre comum e constante é que se trata de um problema bastante incomodativo, e que pode inclusive interferir com a nossa capacidade de concentração e produtividade.

Felizmente, existem alguns tratamentos caseiros que podem ajudar a atenuar este problema e que permitem que tenhamos uma maior qualidade de vida mesmo sofrendo de rinite alérgica.

Um dos remédios naturais existentes é um remédio baseado em flores de sabugueiro, devido ao facto de esta planta possuir propriedades de descongestionamento e ao mesmo tempo de expectorante (eliminando as secreções).

Vejamos então quais os ingredientes, modo de preparo e posologia de dois remédios: o chá de sabugueiro e o xarope de sabugueiro.

Chá de sabugueiro para rinite alérgica

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 5 g de flores (secas) de sabugueiro;

Modo de Preparo

Para preparar este remédio deve colocar-se as flores de sabugueiro em água a ferver. Depois de ferver, deve deixar-se repousar a solução durante 10 minutos, e depois coá-la.

Posologia

Devem tomar-se 3 chávenas deste xarope por dia.

Xarope de sabugueiro para rinite alérgica

Ingredientes

  • 1 L de água;
  • 1 kg de açúcar;
  • 20 g de ácido cítrico;
  • 4 ou 5 ramos de flores secas de sabugueiro.

Modo de Preparo

Os ramos de flores de sabugueiro devem ser colocados num recipiente com água fervente, ao qual se devem ainda adicionar o ácido cítrico e açúcar.

Deve envolver-se e misturar-se toda a solução duas vezes por dia e durante dois dias. A solução deverá ser entretanto acondicionada, longe de qualquer fonte de calor ou luz, podendo estas prejudicar as propriedades deste xarope.

No final destes dois dias, deve coar-se a mistura, e aquecê-la, para uma maior dissolução.

Posologia

Este xarope deve ser tomado com uma colher (de sopa) cerca de 3 vezes ao dia.