-->Tratamento para Choque Anafilático - Educar Saúde

Tratamento para Choque Anafilático

Publicado em 14/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

O choque anafilático também conhecido como anafilaxia é uma reação alérgica grave que pode colocar a vida da pessoa em risco, pelo que deve ser tratado assim que os primeiros sintomas surgem. Este é um problema sério que nunca deve ser ignorado ou desvalorizado.

Sempre que uma pessoa é alérgica a algo e é exposta a essa substância, desenvolve uma reação que pode ser suave ou mais severa, dependendo do nível de alergia que sofre e do grau de exposição ao agente agressor.

Sempre que surge um quadro clinico que envolve sintomas como dificuldade em respirar, inchaço da garganta, olhos ou rosto, vermelhidão e coceira no corpo e aumento dos batimentos cardíacos, é possível que se esteja perante uma alergia severa e é necessário iniciar um tratamento para choque anafilático.

O tratamento para o choque anafilático deve ser feito por profissionais de saúde, pelo que é de extrema importância encaminhar a pessoa para um hospital o quanto antes.

No hospital, o tratamento é feito, por norma, com recurso a adrenalina, que vai fazer com que o organismo estabilize as suas funções de uma forma rápida.

No entanto, o tratamento para o choque anafilático não termina aqui, é frequente haver novas reações alérgicas do corpo nas horas seguintes ao choque inicial, mesmo que a pessoa não esteja exposta ao agente que provocou a alergia.

Por esta razão, os médicos podem aconselhar a toma de um corticoide que vai reduzir a probabilidade de surgimento de uma segunda reação alérgica.

Caso a pessoa tenha manchas vermelhas e coceira no corpo, também pode ser aconselhado tomar um anti-histamínico.

Sempre que há um caso de um choque anafilático é importante perceber o que provocou a alergia, por forma a evitar novo contato com esse agente. Para tal, pode ser feita uma consulta num alergologista que fará todos os testes de despistagem de alergias necessários.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook