7 Possíveis Tratamentos para a Síndrome do Túnel do Carpo

A síndrome do túnel do carpo é um problema de saúde que se caracteriza pelo aparecimento de sintomas como a sensação de formigamento e de picadas nos dedos indicador, médio e polegar.

Estes sintomas surgem devido à compressão do nervo mediano. Este passa pelo punho, ramificando-se depois pela palma da mão.

A doença é um problema que, senão for tratado, agrava-se com o tempo, piorando especialmente à noite.

Sintomas

A doença manifesta-se de várias formas, especialmente através do formigamento e da sensação de agulhas em alguns dedos.

No entanto, há mais alguns sintomas, relacionados com a alteração da sensibilidade do nervo mediano. Assim, os sintomas da síndrome do túnel do carpo incluem:

  • formigamento;
  • dormência;
  • sensação de picadas;
  • dificuldade em agarrar algo com força;
  • dificuldade da pele da mão em distinguir frio do calor;
  • alguns dedos, ou mesmo toda a mão, com um ligeiro inchaço.

Se ainda não está a tratar a doença, com o tempo o problema tende a agravar-se. Os sinais de piora incluem dificuldade em movimentar e utilizar as mãos para pequenas tarefas, como segurar pequenos objetos.

Pode também sentir dificuldade em dormir, pois a síndrome agrava-se durante a noite. Caso sinta alguns destes sintomas de uma forma regular, com especial incidência e intensidade à noite, deve consultar um médico ortopedista, de modo a avaliar o problema e definir a forma de tratamento mais adequada.

Tratamento

Normalmente, para aliviar os sintomas da doença, basta repousarem mais frequentemente, procurando evitar todas as atividades que possam sobrecarregar as mãos.

No entanto, para que este problema sejam realmente curado, a síndrome do túnel do carpo deve ser tratada. Até porque, como referimos em cima, este problema piora com o passar do tempo.

Entre os vários tratamentos possíveis há a toma de medicamentos corticoides, sessões de fisioterapia, e nalguns casos, mesmo a realização de uma cirurgia.

Além disso, quando a doença é causada por outras condições de saúde, como por exemplo a artrite reumatoide, o tratamento deve ser antes direcionado para o problema que está na origem, conseguindo-se assim aliviar os sintomas.

Assim, a forma de tratamento mais comum e conservadora inclui:

aplicação de compressas muito frias na zona do pulso, de modo a aliviar o formigamento e a sensação de picadas, e ainda, para diminuir o inchaço;

colocação de uma munhequeira, principalmente durante a noite, para imobilizar o pulso e reduzir o desconforto durante o sono;

injeção, com periodicidade mensal, de corticoides no túnel do carpo (alivia os sintomas e reduz o inchaço durante cerca de um mês);

toma de medicação anti-inflamatória, como por exemplo o Naproxeno ou o Ibuprofeno, de modo a aliviar os sintomas e diminuir o processo inflamatório no pulso;

Estes tratamentos podem ainda ser complementados com sessões de fisioterapia, que irão maximizar o efeito do tratamento, e ao mesmo tempo, ajudar também a aliviar o sintomas e reduzir a sua frequência.

Tratamento fisioterapêutico

O tratamento com fisioterapia consiste na realização de exercícios específicos.

Estes irão ajudar a reduzir o desconforto provocado por este problema, mas também, a evitar o ressurgimento dos sintomas da doença.

Confira de seguida 3 exercícios realizados durante as sessões de fisioterapia.

– Exercício nº. 1

Tratamento fisioterapêutico para síndrome do túnel do carpo - exercicio 1

Abrir bem a mão, com a palma virada para a frente, e com ajuda da outra mão, puxar os dedos para trás. Deve fazer este exercícios duas a três vezes por dia, fazendo em cada sessão 10 repetições.

– Exercício nº. 2

Tratamento fisioterapêutico para síndrome do túnel do carpo - exercicio 2

Começar com a mão dobrada para a frente, com os dedos esticados, e de seguida, fazer o movimento para trás, fechando a mão. Repetir 10 vezes, 2 a 3 vezes em cada dia.

– Exercício nº. 3

Tratamento fisioterapêutico para síndrome do túnel do carpo - exercicio 3

Esticar a mão e fechá-la, até que os dedos consigam tocar na palma. De seguida, dobrar os dedos como se fossem uma garra, e por fim, voltar a esticar a mão. Este exercício deve ser repetido 10 vezes, 2 a 3 vezes por dia

Apesar de estes exercícios poderem ser realizados em casa, o ideal mesmo é fazê-los na fisioterapia, com a devida orientação de um terapeuta profissional.

Até porque, estes são apenas alguns exemplos, devendo cada paciente ter um conjunto de exercícios adequados a si e à sua situação específica.

Tratamento caseiro

Além dos tratamentos referidos, há ainda opções caseiras que, complementarmente aos indicados, irão ajudar a aliviar os sintomas da síndrome.

Um ótimo remédio caseiro consiste na aplicação de uma bolsa de água quente em cima do pulso afetado, durante cerca de 10 minutos.

No final desse tempo, deve então realizar exercícios de alongamentos.

Estes consistem em esticar o braço para a frente, com a mão esticada, e então virá-la para a direita e para a esquerda, apenas com o movimento do pulso.

Este exercício deve ser feito 10 vezes. Por fim, deve então aplicar uma bolsa de água muito fria ou de gelo, durante aproximadamente 10 minutos. Repita este tratamento duas vezes ao dia.

Cirurgia

Apesar de na maioria dos casos, os tratamentos atrás referidos, serem suficientes para curar a síndrome do túnel do carpo, existem situações, mais graves, onde é necessário mesmo cortar o ligamento do carpo para conseguir aliviar a pressão sobre o nervo mediano, e dessa forma, atenuar os sintomas e o desconforto.

Nestes casos é assim necessário uma intervenção cirúrgica para curar o problema.

Este método é apenas utilizado nas situações onde não há mais nenhuma solução para a resolução do problema e para o alívio dos sintomas.

Sinais de melhora

Após o início do tratamento, podem demorar até duas semanas até começar a sentir uma redução mais significativa dos sintomas da síndrome.

Nesta melhoria inclui-se redução da frequência de situações de dormência, formigamento e picadas nas mãos, e ainda, menor dificuldade em conseguir agarrar em objetos com força.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704)

Ortopedista e Traumatologista - CREMEC: 13177 TEOT(SBOT): 12704

O Dr. Davi Marinho de Araújo realizou a sua Graduação na Universidade Federal de Campina Grande, terminando o curso em 26 de abril de 2008. R. Aprigio Veloso, 882-Bodocongó Campina Grande PB (83) 2101 1000

Residência Médica

Ortopedia e Traumatologia : Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas (2009,2010,2011) Av.Gen. San Martin-Cordeiro Recife-PE 50630-060.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) - TEOT: 12704

Membro titular da Associação Brasileira Ortopédica de Osteometabolismo (ABOOM), e do Comitê de Doenças Osteometabólicas da SBOT.

Treinamento em cirurgia de Pé e Tornozelo no serviço de Ortopedia e Traumatologia da Clínica Alemana de Santiago-CH, International intership program at Traumatology Department, ankle and foot Unit with MD Cristian Ortiz as tutor.

Treinamento na Especialidade

CURSO INTERNACIONAL AO-HASTES INTRAMEDULARES, realizado no Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro RJ, 20 a 21 de maio de 2009.

AO PRINCIPLES OF FRACTURE TREATMENT COURSE, realizado em Fortaleza CE , de 4 a 6 de agosto de 2011.

CURSO AO TRAUMA PE E TORNOZELO, realizado em INDAIATUBA SP, de 24 a 26 de ABRIL de 2014.

CURSO AO TRAUMA AVANÇADO, realizado em RIBEIRAO PRETO SP , de 19 a 22 de AGOSTO de 2015.

Atividades laborais

Hospital Antonio Prudente, Fortaleza CE, atendimento clínico e procedimentos cirúrgicos, departamento de ortopedia e traumatologia, serviço de pé e tornozelo.

Membro titular do comitê de Ética Médica do Hospital Antonio Prudente, Fortaleza - CE, eleito para o atual biênio por processo eleitoral.

Hospital Gastroclinica, Fortaleza CE, atendimento clínico em emergência e procedimentos cirúrgicos.

Governo do Estado do Ceará , Policlínica Regional de Caucaia, médico ortopedista e traumatologista aprovado em concurso público.

Consultório Vittacura: Av Desembargador Moreira, 760 Meireles - Centurion Business Center - sala 809.

Também pode encontrar o Dr. Davi no Linkedin e no Google.

Última atualização da página em 30/10/19