Úlcera de Córnea (ferida nas camadas profundas do olho)

Uma úlcera de córnea é uma ferida que expõe as camadas mais profundas da córnea. A córnea é a estrutura transparente da superfície anterior globo ocular. Com tratamento, fica habitualmente curada num espaço de duas a três semanas. Sem tratamento, poderá ter problemas de visão a longo prazo. É um problema ocular grave.

Causas da úlcera na córnea:

As lentes de contacto, uma infecção, ou um ferimento no olho podem provocar uma úlcera na córnea. Pode ainda ser provocada pelo facto da pálpebra não fechar de forma adequada.

Sinais e sintomas:

  1. Dores oculares fortes, visão turva, olhos lacrimejantes ou contracções da pálpebra.
  2. Incapacidade dos olhos em suportar luzes intensas.
  3. Vermelhidão no branco do olho e existência de secreções (ramelas) claras, amareladas ou esverdeadas.

Diagnóstico:

Através de um exame oftalmológico com recurso a uma substância que cora a área lesada.

Cuidados a ter:

  1. Lave as mãos com frequência e seque-as com uma toalha limpa. Não toque nos olhos com os dedos. Evitará assim o aparecimento de infecções.
  2. Descanse os olhos o mais possível até a infecção desaparecer.
  3. Não leia nem veja televisão durante longos períodos de tempo.
  4. Utilize óculos escuros para proteger os olhos de luzes intensas.

Riscos e Complicações:

A úlcera de córnea pode ter complicações graves como a perfuração da córnea e a infecção intra-ocular.

Tratamento da úlcera da córnea:

O médico pode receitar-lhe um medicamento para os olhos para tratar a úlcera da córnea. Siga cuidadosamente as indicações do médico. Caso contrário, a úlcera poderá atravessar a córnea e permitir que a infecção entre no globo ocular. Isto poderia provocar a perda permanente da visão. O médico poderá prescrever a utilização de compressas quentes ou frias para ajudar a aliviar a dor.

Fotos:

Úlcera de cornea em cães: