Urina com Cheiro Forte: O Que Pode Ser e Como Tratar

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Ao contrário do que algumas pessoas imaginam, não é normal que a urina apresente um cheiro forte.

Quanto mais clara e inodora ela for, mais saudável será.

Quando a urina começa a apresentar odores extremamente desagradáveis, isso pode evidenciar uma simples desidratação do organismo, ou algo mais grave, como uma infecção do trato urinário.

Urina com Cheiro Forte

Causas da urina com mau cheiro

O cheiro típico da urina é gerado pela ureia, o principal composto presente nesse líquido de excreção.

É exatamente o nível de densidade de ureia na urina que a deixa com um cheiro mais, ou menos, intenso.

O que pode ser? Maioritariamente, urina com odor fétido é indício de que o indivíduo não se hidrata como deveria.

Como a ureia precisa de água para se diluir, ela acaba ficando extremamente concentrada.

Além do mau cheiro, isso também faz com que a urina exiba uma coloração amarela bem acentuada.

Por essa razão, a medida inicial que deve ser adotada por aqueles que possuem uma urina com odor forte e fétido é cuidar melhor da hidratação do organismo.

Embora a recomendação básica se baseie no consumo de 2 litros diários de água, não existe uma quantia exata de água necessária para o corpo desempenhar suas funções que tenha comprovação científica.

Assim, é aconselhável consumir líquido suficiente para que a urina seja clareada.

Em algumas situações, o volume necessário de líquidos pode facilmente ultrapassar os 2 litros.

Além de eliminar o mau cheiro, ter uma urina menos concentrada ajuda a evitar os transtornos provocados pelo desenvolvimento dos temidos cálculos renais, popularmente conhecidos como “pedras nos rins”.

Bactérias que deixam a urina com mau cheiro

Existem circunstâncias em que a causa da urina com mau cheiro advém da ação de bactérias.

Essa hipótese ganha força quando a urina não aparenta elevada concentração de ureia, mas permanece exalando o mau odor.

Isso acontece porque essas bactérias, através de processos metabólicos, convertem a ureia em amônia.

O resultado é um cheiro ainda mais vigoroso, uma das principais características do segundo elemento.

Mesmo assim, é importante frisar que a existência de bactérias não aponta, necessariamente para um quadro de infecção urinária.

Outros motivos que provocam mau cheiro na urina

Determinadas infecções da uretra (a gonorreia é um bom exemplo) podem ser a razão do mau cheiro da urina.

Nestes casos, é importante observar se há corrimento pela uretra, pois uma infecção nessa região pode ser a causa do odor forte da urina.

É muito comum que o mau cheiro propiciado pela urina seja provocado em virtude de um corrimento uretral, em vez do típico corrimento vaginal.

Em se tratando do público feminino, faz-se necessário se certificar da qual é a verdadeira origem do mau odor: a urina, ou os corrimentos vaginais.

Para isso, a mulher deve se submeter a um exame clínico efetuado por um ginecologista, único que pode sanar essa dúvida.

A fonte do mau cheiro gerado pela urina também pode ser o consumo de determinados alimentos e remédios.

No primeiro caso, os aspargos são uma das principais causas de urina com odor fétido.

Já no segundo, existem alguns antibióticos, essencialmente os que pertencem ao grupo da penicilina, que podem igualmente provocar o mau cheiro em análise.

Ocasionalmente, a causa específica do mau cheiro pode acabar passando despercebida.

Todavia, efetuar reformulações no cardápio tende a produzir resultados satisfatórios para inibir, ou suavizar, o odor emanado pelo líquido de excreção.

O mau cheiro também é um dos sintomas do diabetes.

Porém, quem possui a doença apresenta outros indícios, como o hábito de urinar excessivas vezes, sensação constante de desidratação, e debilidade física, apenas para citar alguns.

Nos indivíduos que possuam idade avançada, o desenvolvimento do câncer de bexiga, uma das consequências do tabagismo, pode provocar alterações no odor da urina.

Além disso, esse tipo de câncer também costuma ocasionar sangramentos expelidos através da urina.

Enquanto isso, o organismo de outros indivíduos pode desenvolver uma fístula (canal) entre a bexiga e o intestino, que tende a acarretar a pneumaturia, que nada mais é do que a eliminação de gases gerados pelo intestino através da urina.

Ambas as situações são muito insólitas durante a juventude.

Por fim, existem patologias hereditárias raras que também influenciam na intensidade do odor apresentado pela urina. Uma delas é a fenilcetonúria, que acomete somente bebês recém-nascidos.

Como tratar

Em primeiro lugar, o indivíduo deve melhorar a hidratação do corpo. Isso deve ser feito a fim de se eliminar a causa mais comum da urina com mau odor, ou seja, a ausência do volume de líquidos apropriado para diluir a ureia.

Caso o cheiro forte persista mesmo com o organismo bem hidratado, é bem possível que o paciente seja portador de alguma infecção urinária.

Nestes casos, há uma constante melhora do quadro com a ingestão de medicamentos antibióticos.

Caso seja comprovada a presença de bactérias na urina e elas não exibirem nenhuma relação com uma infecção urinária, muitos médicos preferem não administrar antibióticos.

Uma das razões dessa atitude é embasada no preceito de que o consumo exagerado de antibióticos pode acabar sendo um estímulo à resistência das bactérias.

Caso o cheiro esteja em um nível insuportável, é aceitável uma tentativa de eliminar o problema através da ingestão de antibióticos.

Entretanto, caso o medicamento atue como mero paliativo não é recomendado recorrer a ele novamente no futuro.

É importante salientar que os suplementos vitamínicos, cujos benefícios ainda prescindem de comprovação científica, também podem ser a fonte do problema.

Para confirmar, basta fazer um teste, deixando de consumir o suplemento e verificando diariamente o estado da urina.

Finalmente, sempre que o mau cheiro atingir um patamar muito incômodo, a melhor alternativa é procurar a ajuda médica de um urologista, ou ginecologista, imediatamente.

Descubra 7 Alimentos Que Fazem o Corpo Cheirar Bem

Referências

http://www.health.harvard.edu/
http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000373.htm
http://udel.edu/~mcdonald/mythasparagusurine.html
http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/001166.htm
http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/007298.htm