-->Utrogestan: o que é, para que serve, que sintomas provoca

Utrogestan (Progesterona em comprimido ou óvulos vaginais)

Publicado em 29/01/2019. Revisado por Dr Wesley Timana (Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998) a 12 fevereiro 2019

O utrogestan é um medicamento utilizado em tratamentos de fertilidade como por exemplo a reprodução assistida, com o objetivo de promover a implantação do embrião e com isso facilitar a gravidez. O fármaco tem a particularidade de conseguir engrossar o endométrio, facilitando assim a implantação do embrião no útero. Embora seja um fármaco normalmente adquirido mediante receita médica, é importante a mulher ler atentamente o folheto e seguir as instruções passadas pelo especialista para evitar efeitos colaterais.

Composto por hormônios sexuais femininos, a sua substância ativa é a progesterona, um hormônio produzido nos ovários e que atua na segunda parte do ciclo menstrual.

Entenda que, a progesterona é essencial para o desenvolvimento da gravidez, já que é ela que permite ao útero materno que o embrião se implante. Quando a sua produção é insuficiente, o embrião não se implanta ou apresenta um risco elevado de aborto.

Portanto, quando se está num processo de fertilização in vitro, é normal se que administre o Utrogestan para parar ou neutralizar as alterações que ocorrem na mucosa que reveste o interior do útero (endométrio), impedindo desta forma o crescimento e a proliferação do mesmo.

O utrogestan corrige as irregularidades menstruais causadas ​​pela deficiência desta hormona, que resultam na maturação excessiva, conhecida como hiperplasia do endométrio, ou na maturação irregular que pode provocar sangramento irregular ou abundante.

O Que é E Para Que Serve O Utrogestan

Composição e apresentação

A substância ativa do utrogestano é a progesterona, portanto, faz parte do grupo das progestinas. Também incorpora óleo de amendoim, lecitina de soja, gelatina, glicerina e dióxido de titânio (E171).

A progesterona é uma hormona que intervém no ciclo ovariano da mulher e ajuda a manter o útero nas condições ideais para o desenvolvimento da gravidez.

O medicamento está disponível em várias apresentações:

Utrogestan 200 mg: embalagem de 15 cápsulas moles com 200 mg de progesterona cada. Existe também a opção de 4 blisters (cartelas de comprimidos), ou seja, 60 comprimidos de 200 mg de progesterona.

Utrogestan 100 mg: embalagem de 30 cápsulas com 100 mg de progesterona cada.

Indicações

O utrogestan é usado nos seguintes casos:

  • Alterações ligadas à insuficiência de progesterona.
  • Irregularidades do ciclo menstrual.
  • Terapia de Reposição Hormonal indicada na menopausa.
  • Para a reposição de progesterona no caso de transplante de óvulos.
  • Tratamento de fertilização in vitro (FIV), para suplementar a fase lútea.
  • Prevenção de abortos recorrentes causados ​​por insuficiência lútea.

Como tomar?

O tratamento com Utrogestan deve ser sempre supervisionado e controlado por um médico especialista que irá prescrever as doses, a duração do tratamento e controlar o desenvolvimento correto da progesterona. O medicamento é administrado por via oral, normalmente através de uma dose diária, durante um período de aproximadamente 2 semanas. Está disponível em dois formatos, e as doses geralmente recomendadas são:

Via vaginal: entre 100 mg e 600 mg por dia. As cápsulas, também chamadas de óvulos vaginais, devem ser inseridas na vagina e acompanhadas com o dedo até ao interior do útero.

Via oral: entre 200 e 300 miligramas (mg) por dia. Normalmente, 200 mg à noite ao deitar ou 100 mg de manhã e 200 mg ao deitar.

O medicamento deve ser sempre administrado à mesma hora e sem alimentos para evitar a absorção excessiva do fármaco.

Caso a mulher se esqueça de alguma toma, é importante não tomar uma dose dupla para compensar a dose esquecida. Neste caso deve consultar sempre o especialista para que lhe indique o que deve fazer.

Ao iniciar um tratamento com progesterona, é normal a ocorrência de pequenos sangramentos. É importante não confundir esse sangramento com a hemorragia da menstruação, uma vez que é mais leve, mais reduzido e menos doloroso que o sangramento menstrual.

Contra-indicações

A mulher não deve tomar o utrogestran nas seguintes situações:

  • Se tiver alergia à progesterona.
  • Se tiver um tromboembolismo.
  • Se tiver um sangramento vaginal não diagnosticado.
  • Se tiver um problema no fígado.

Sintomas e efeitos colaterais

Embora os sintomas derivados do tratamento com o utrogestan variem muito dependendo da dose e da situação de cada paciente, muitas mulheres relatam que os sintomas são semelhantes aos da gravidez.

Alguns exemplos são:

  • Alterações do ciclo menstrual.
  • Sangramento intermitente
  • Amenorreia (ausência da menstruação) ou diminuição do sangramento menstrual.
  • Sonolência e sono profundo
  • Dor abdominal.
  • Abdômen e peito inchado.
  • Tontura ou sensação vertiginosa.

Como pode produzir sonolência e/ou sensação de vertigem ou tontura, deve ser dada atenção especial á condução e ao uso de maquinarias.

Por outro lado, uma vez que a progesterona é eliminada no leite materno, o seu uso é desaconselhado durante o período de amamentação.

Quanto à gravidez, uma vez que a progesterona é um hormônio que aumenta durante essa fase, a sua administração durante a gravidez não costuma produzir efeitos adversos.

Se for observado qualquer outro sintoma ou reação, é importante consultar o médico.

As dúvidas mais comuns

O utrogestan é usado após a inseminação artificial ou apenas em tratamentos de fertilização in vitro?

O suporte da fase lútea com progesterona (Utrogestan) tem mostrado ser eficaz tanto em tratamentos de inseminação artificial quanto na fertilização in vitro. Para entender em que consiste a FIV, consulte o guia Como é feita a Fertilização In Vitro (Passo a passo).

O utrogestan engorda?

O medicamento em si não engorda, mas pode aumentar a retenção de líquidos e a sensação de inchaço devido ao desequilíbrio hormonal. De qualquer forma, este evento varia em cada mulher, já que algumas mulheres ficam mais inchadas com o uso de medicação hormonal do que outras.

Quanto custa?

Em Portugal uma embalagem de utrogestan 200 mg de 15 cápsulas moles tem um preço aproximado de 10,50 € e a embalagem de 60 cápsulas custa cerca de € 41,96. O medicamento é comparticipado pelo estado (Ver a tabela de preços do Infarmed). A embalagem de 100 mg de 30 cápsulas custa cerca de € 5,81. No Brasil o preço varia entre 27 e 55 reais.

Tomar o medicamento pode causar o aparecimento de acne?

Sim, muitas mulheres notam o aparecimento de espinhas no rosto durante o tratamento com utrogestan devido ao desequilíbrio hormonal.

O utrogestan pode ser usado como contraceptivo?

Não. Embora o medicamento possa causar desequilíbrios hormonais que levam à anovulação e/ou á ausência do fluxo menstrual, ele não tem nenhum efeito contraceptivo por isso não deve ser usado como tal. Existem contraceptivos cujo principio ativo é a progesterona, mas em diferentes doses e formas de uso.

Utrogestan é o mesmo que progeffik?

Tanto o utrogestan quanto o progeffik são progestogênios usados ​​na fertilidade e em tratamentos contra a insuficiência de progesterona. A dose e a função são as mesmas, então poderíamos dizer que sim, são praticamente o mesmo.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.

Referências
Autores
Dr Wesley Timana (Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998)

Ginecologista e Obstetra - CRM-PR -30998

O Dr. Wesley Jose Timana Yovera é um médico jovem e carismático formado pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná com especialização em ginecologia e obstetrícia pela Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

Consultar Currículo Lattes

Registro de Qualificação de Especialista (RQE nº 20428).

Desenvolveu já no início da sua carreira o Espaço Timana - uma clínica voltada ao atendimento de excelência. Sempre multiconectado e influente no Facebook e Instagram, possui mais de 3 milhões de visualizações no YouTube, com vídeos que trazem ao público informação de qualidade dentro do universo feminino.

Selecionado por diversos projetos como médico do futuro sempre assiste as mulheres com respeito, carinho e atenção. É adepto da Slow Medicine (Medicina Sem Pressa) - uma forma humanizada de fazer medicina que aproxima pacientes e profissionais da saúde.

Com registro no Conselho Regional de Medicina do Paraná n° 30.998, atende atualmente em consultório particular, Av. Visconde de Guarapuava, 2764 - Centro - Curitiba - Tel. (41) 3503-9333 / 9.9995-5117.

O Dr. Wesley também pode ser encontrado no Linkedin, Facebook, Intagram e YouTube como Dr. Wesley Timana.