O que é Vasculite alérgica (Hipersensibilidade): Tratamento, causas, sintomas e testes de diagnóstico

Conteúdo revisado por Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965). Última Atualização: 03/08/20

A vasculite por hipersensibilidade é uma reação extrema a um medicamento, infecção ou substância estranha. Isso leva à inflamação e danos aos vasos sanguíneos, principalmente na pele.

Continua depois da Publicidade

foto de Vasculite alérgica na perna e pé

Causas

A vasculite por hipersensibilidade é causada por uma reação alérgica a uma droga ou outra substância estranha. Também pode ser uma reação a uma infecção. Geralmente afeta pessoas com mais de 16 anos.

A vasculite por hipersensibilidade pode parecer uma vasculite necrosante e sistêmica, que pode afetar os vasos sanguíneos por todo o corpo e não apenas na pele. Em crianças, pode parecer púrpura de Henoch-Schonlein.

Muitas vezes, a causa do problema não pode ser identificada, mesmo estudando o histórico médico do paciente.

Sintomas

• Manchas e pequenas áreas com cor púrpura
• Lesões na pele normalmente localizadas nas pernas, nádegas ou tronco
• Bolhas na pele
• Erupções na pele (urticária) que podem durar mais de 24 horas
• Pequenas feridas com tecido morto (úlceras necróticas)

Exames e testes

O diagnóstico é baseado nos seus sintomas e no aspeto da pele depois de você ter tomado certos medicamentos ou depois de ter sido exposto a substâncias estranhas (antígenos).

Os resultados de um teste ESR podem ser elevados.

A biópsia da pele mostra inflamação dos vasos sanguíneos.

É curável?

Não existe cura para a vasculite por hipersensibilidade. O principal objetivo do tratamento é aliviar os sintomas, que devem desaparecer algumas semanas após a interrupção do medicamento causador.

Como tratar a Vasculite alérgica

O objetivo do tratamento é reduzir a inflamação. O seu médico pode prescrever aspirina ou corticosteroides para reduzir a inflamação nos vasos sanguíneos.

(NÃO DÊ aspirinas a crianças a não ser que tal tenha sido aconselhado por um médico). Se possível, o seu médico pode-lhe dizer que para de tomar os medicamentos que causam esta condição.

Não pare de tomar nenhum medicamento sem falar antes com o seu médico.

Perspectivas

A vasculite alérgica normalmente desaparece com o tempo. Em certas ocasiões, as pessoas podem sofrer de episódios repetidos.

Possíveis complicações

• Danos permanentes nos vasos sanguíneos ou pele com cicatrizes
• Inflamação dos vasos sanguíneos pode afetar os órgãos internos

Continua depois da Publicidade

Quando deve contactar o seu médico

Deve marcar uma consulta com o seu médico se sofrer de sintomas de vasculite alérgica.

Prevenção

Evite a exposição a medicamentos aos quais tenha alergias conhecidas.

Nomes alternativos
Vasculite Hipersensitiva; vasculite cutânea leucocitoclástica.


Outras Referências
  • Habif TP. Hypersensitivity syndromes and vasculitis. In: Habif TP, ed. Clinical Dermatology. 6th ed. Philadelphia, PA: Elsevier; 2016:chap 18.
  • Jennette JC, Falk RJ, Bacon PA, et al. 2012 revised International Chapel Hill consensus conference nomenclature of vasculitides. Arthritis Rheum. 2013;65(1):1-11. PMID: 23045170 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23045170.
  • Patterson JW. The vasculopathic reaction pattern. In: Patterson JW, ed. Weedon’s Skin Pathology. 4th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Churchill Livingstone; 2016:chap 8.
  • Stone JH. The systemic vasculitides. In: Goldman L, Schafer AI, eds. Goldman-Cecil Medicine. 25th ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2016:chap 270.
  • Sunderkötter CH, Zelger B, Chen KR, et al. Nomenclature of cutaneous vasculitis: dermatologic addendum to the 2012 Revised International Chapel Hill Consensus Conference Nomenclature of Vasculitides. Arthritis Rheumatol. 2018;70(2):171-184. PMID: 29136340 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29136340.
Autores
Dr Pedro Secchin (Dermatologista CRM-SP 195965)

Dermatologista - CRM-SP 195965 / RQE 73850

Consultar > Currículo Lattes.

O Dr. Pedro Secchin é Graduado em Medicina pela Universidade Gama Filho (UGF) – 2011. É Mestrado em Medicina pela Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). Além disso o Dr. também possui:

- Especialização em Dermatologia no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ) - 2018.

- Título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB).

- É membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Endereço: Rua Inglês de Sousa, 449. CEP: 01546-010 - Jardim da Glória São Paulo - São Paulo Telefone: ‪(11) ‬4301-9931

Também pode encontrar o Dr. Pedro no Linkedin e Instagram.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

Encontrou um erro? Está faltando a informação que está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


    Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
    Última atualização da página em 03/08/20