-->Vômitos em Crianças - Tratamentos e Causas do Vômito

Vômitos em Crianças (corpo rejeita o que lhe é prejudicial)

Publicado em 31/05/2011. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Os vômitos são bastante comuns nas crianças. Acontece quando o estômago rejeita todo o seu conteúdo.

Os vómitos são a forma encontrada pelo corpo da criança para rejeitar tudo o que lhe seja prejudicial.

No entanto os vômitos podem tornar-se num problema grave porque podem provocar a desidratação.

A desidratação acontece quando é perdido demasiado líquido pelo corpo da criança.

Vômito Em Criança

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste Guia

Causas dos vómitos em crianças

Há inúmeras causas que poderão originar vómitos. A criança poderá sofrer de uma gastroenterite.

Poderá sofrer de problemas abdominais, tais como uma apendicite ou uma intoxicação alimentar. As lesões na cabeça e quase todas as infecções corporais também podem provocar vómitos.

Sinais e sintomas

Com os vômitos, os alimentos presentes no estômago da criança voltam a sair pela boca e pelo nariz.

A criança poderá ter febre, dores abdominais ou musculares ou diarreia caso sofra de uma gastroenterite.

Como se Diagnostica

O diagnóstico é clínico. Podem ser necessários alguns testes para avaliar se acriança tem uma infecção ou se está a ficar muito desidratada.

Cuidados a ter:

Leve a criança ao médico se:

  1. A criança não pára de vomitar
  2. A criança não tolera quaisquer líquidos pela boca
  3. A criança perdeu peso
  4. Existe desidratação
  5. Perda de sangue nos vómitos ou na diarreia
  6. A criança está muito prostrada
  7. A criança tem muitas dores de barriga

Conheça Os 10 Alimentos Mais Saudáveis para Crianças

Riscos e Complicações

A principal complicação dos vómitos é a desidratação, que pode ser evitada nas maioria dos casos se a criança for tolerando os líquidos por via oral.

Tratamento para vómitos

A criança deverá ingerir uma solução de re-hidratação oral. Esta solução é uma mistura de sal, açúcar, minerais e nutrientes em água.

É a melhor forma de corrigir a desidratação da criança. Encontram-se disponíveis nas farmácias inúmeras marcas de soluções de re-hidratação oral. Dê à criança uma ou duas colheres de chá de solução de re-hidratação oral de 1 em 1 ou de 2 em 2 minutos.

Poderá utilizar uma colher, uma seringa, uma taça ou um biberão. Se a criança estiver a ser amamentada, continue a amamentá-la.

Se a criança for habitualmente alimentada com leite artificial, utilize um leite mais espesso, sem lactose, à venda nas farmácias. Conseguirá assim melhorar a sua nutrição.

Leia Também: Óleos Essenciais para Aliviar Náusea e Vômitos

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook