Zen

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Momentos Zen como anti stress.

Com mais de 2500 anos, a filosofia Zen chegou ao Ocidente para nos ajudar a relaxar depois de um dia intenso. O corre-corre da vida actual esgota qualquer pessoa. O stress entrou no nosso vocabulário diário e para combatê-lo sugerimos-lhe uma filosofia de vida com mais de 2500 anos.

O Zen ou Zen budista teve origem na Índia com o budismo e consiste na aprendizagem do silêncio através da abstracção e da intuição. Actualmente, o significado de Zen evoca calma, a paz interior, a serenidade contrapondo, em tudo, o que o stress esgota em nós. Para desfrutar desta filosofia precisa apenas de aprender a apreciar melhor as coisas boas que o meio envolvente proporciona: as cores, os sons, os cheiros e as sensações.

Repouso do mundo exterior

Os nossos olhos têm de se abrir à aprendizagem, caso contrário não há nada que o Zen possa ensinar. O que importa é não pensar em nada, ou seja, convergir para o vazio. Tudo se converte num estímulo aos nossos cinco sentidos: sente-se o interior, ouve-se a respiração, sente-se a expiração como uma libertação do nosso interior. Repousa-se do mundo exterior, um repouso para o sistema nervoso e para a pele, num «olhar» para dentro, na descoberta do nosso ser.

Água

Se tiver alguma dificuldade em desligar-se do mundo exterior, experimente pôr água a correr para um duche. O som da água é dos mais relaxantes. Prepare um banho. Vai sentir-se a descontrair, pois a água quente provoca um total e rápido relaxamento muscular. Mas, principalmente, não se esqueça de ouvir o som e sentir o correr da água. Esta «música» é uma mensagem sensorial relaxante que, após informar o cérebro, se difunde em sensações por todo o corpo. O peito expande-se, as pálpebras baixam e os traços do rosto suavizam. Tente manter este estado de espírito durante a noite e dormirá muito mais descontraidamente.

Foto - Sumiya Zen Garden

Tenha muitos momentos Zen…